Coimbra  29 de Novembro de 2021 | Director: Lino Vinhal

Semanário no Papel - Diário Online

 

Confraria evoca aniversário da dupla transladação de Rainha Santa Isabel

20 de Outubro 2021 Jornal Campeão: Confraria evoca aniversário da dupla transladação de Rainha Santa Isabel

A Confraria da Rainha Santa Isabel vai assinalar, em Coimbra, o aniversário da dupla trasladação do corpo da Rainha Santa Isabel nos próximos dias 27, 29 e 30 de Outubro.

No dia 27 de Outubro de 1677 ocorreu a trasladação do corpo da Rainha Santa Isabel do túmulo de pedra, onde jazia desde 1336, para o túmulo de prata mandado fazer por D. Afonso de Castelo Branco, 41.º Bispo de Coimbra, 6.º Conde de Arganil, que chegou a ser vice-rei de Portugal.

No dia 29 de Outubro seguinte (de 1677), ocorreu a trasladação do corpo santo da Rainha Santa Isabel, já no túmulo de prata, desde o velho Mosteiro (Santa Clara-a-Velha) para o novo Mosteiro de Santa Clara (Santa Clara-a-Nova).

O dia 29 de Outubro foi, durante mais de um século, a 2.ª data mais importante do novo Mosteiro de Santa Clara (o Mosteiro de Santa Clara-a-Nova) – era o dia da Festa da Titular da Igreja da Rainha Santa Isabel.

No Calendário da Igreja da Rainha Santa Isabel, “a Festa da Titular não se faz, como pareceria mais natural, a 4 de Julho, que é a Festa natalícia, ou aniversário da morte e entrada na glória da Rainha-Santa, mas a 29 de Outubro, a Festa da Trasladação do seu santo Corpo para este mosteiro novo de Santa Clara”, recorda a Confraria, acrescentando que “assim se fez sempre, desde o ano em que o templo foi sagrado, no fim do século XVII, certamente porque, no acto de Sagração, o Bispo sagrante designou este dia para a Festa da Titular”. – cfr. António Ribeiro de Vasconcelos “Liturgia da Rainha-Santa”, Coimbra, 1934.

Por esse motivo, a Confraria da Rainha Santa Isabel pretende evocar a data com a maior dignidade e neste ano de 2021, para a evocação da “Festa da Titular”, a realizar na Igreja da Rainha Santa Isabel, está previsto o seguinte programa:

No dia 27 de Outubro, a partir das 21h30, realizar-se-á um concerto pelo grupo de cordas da Orquestra Clássica do Centro, executando obras alusivas a temas religiosos, particularmente à devoção salve regina, com peças da autoria de diferentes compositores;

No dia 29 de Outubro, às 18h00, celebrar-se-á missa de acção de graças pela exemplar vida acontecida de Santa Isabel de Portugal;

No dia 30 de Outubro, a partir das 21h30, realizar-se-á um concerto musical com peças sacras pelo coro vocal familiar AnçãBle.

Conforme refere o presidente da Mesa Administrativa da Confraria da Rainha Santa Isabel, Joaquim Leandro Costa e Nora, nos eventos culturais do programa a entrada é gratuita, mas sujeita a inscrição prévia por haver limitação do número das pessoas presentes.

Este programa de “Evocação” não altera nenhuma das celebrações religiosas habituais na Igreja da Rainha Santa Isabel, que se mantêm.