Coimbra  2 de Março de 2024 | Director: Lino Vinhal

Semanário no Papel - Diário Online

 

Homem com pulseira electrónica após crime de violência doméstica

18 de Fevereiro 2020 Jornal Campeão: Homem com pulseira electrónica após crime de violência doméstica

Um cidadão, de 49 anos, foi detido, na passada quinta-feira, pelos militares do Posto Territorial de Souselas, da GNR de Coimbra, pelo crime de violência doméstica, tendo ficado portador de pulseira electrónica.

“Na sequência de uma investigação por violência doméstica, os militares apuraram que o suspeito agredia a sua companheira, uma mulher de 45 anos e o seu filho menor de 13 anos, intimidando-a com a sua presença”, revela a GNR.

Após a detenção, o homem foi presente a primeiro interrogatório judicial, no Tribunal Judicial de Coimbra, na sexta-feira (14), tendo-lhe sido aplicadas as medidas de coacção de obrigação de “não contactar, por qualquer meio, com a vítima, devendo manter um afastamento num raio não inferior a 500 metros e obrigação de não se aproximar da residência habitada pela ofendida, ambas as medidas monitorizadas através de pulseira electrónica”.