Coimbra  27 de Junho de 2019 | Director: Lino Vinhal

Semanário no Papel - Diário Online

 

Adérito Machado

Um Homem Bom(beiro)

15 de Março 2017

Amigo leitor, como presidente da secular Associação Humanitária dos Bombeiros Voluntários de Cantanhede foi com alguma apreensão que no passado dia 14 de Março, pela manhã, recebi a notícia da presença da Equipa de Resgate em Grande Ângulo no interior de um poço na freguesia de Cadima, a tentar salvar um cidadão invisual.

Mais preocupado fiquei quando, junto com a vítima, também tinha sido conduzido ao hospital o bombeiro Nuno Bronze em estado de hipotermia, devido à baixa temperatura da água do poço e ao tempo do resgate.

Este é um feliz relato, porque ambos os envolvidos estão bem, um exemplo para todos nós e um louvor para os bombeiros.

Diariamente somos bombardeados por telejornais carregados de “grandes notícias” de corrupção, roubos, desvios monetários, raptos, guerras, enfim, informação da “borra espremida” duma sociedade culta e moderna, onde jornalistas dão a maior ênfase para nos deixar de “boca aberta” com a ganância, a violência e a estupidez humana. De bom, pouco ou nada é referido, pois não causa alarme social nem cativa audiências e muito menos vende jornais.

Ao contrário, este acontecimento vem mostrar o outro lado do mundo, o dos príncipes e dos contos encantados que ainda existe, o mundo da solidariedade e do amor ao próximo para que os nossos filhos e netos não julguem que a norma é ter comportamentos duvidosos ou condenáveis, e o anormal é ser um homem bom(beiro).

Os tempos vão mudando e as vontades também, mas ainda há homens e jovens que abraçam a nobre e espinhosa missão de ser bombeiro e de ser um homem bom, como demonstrou esta fantástica equipa que, sem pensar em si, salvou o seu semelhante do fundo de um poço.

Estas são vivências normais do nosso quartel, partilhadas pelos bombeiros de Portugal, que diariamente arriscam a vida para salvar e cumprir o lema dos bombeiros: “vida por vida”.

É com emoção e nostalgia que por breves momentos, amigo leitor, o conduzi à terra do bem fazer sem nada querer em troca, para que possa continuar a acreditar que nesta vida ainda há homens bons(beiros)…

Pense nisto! Pensar não dói!

(*) Presidente da Direcção da Associação Humanitária dos Bombeiros Voluntários de Cantanhede

 

WP Facebook Auto Publish Powered By : XYZScripts.com