Coimbra  26 de Maio de 2020 | Director: Lino Vinhal

Semanário no Papel - Diário Online

 

Carla Sofia Maia

Tempo de Quarentena

30 de Março 2020

Se um dia tiver filhos vou contar-lhes que vivi um período que ficará na História pelas piores razões. Vou contar-lhes que, talvez pela primeira vez na minha vida, questionei algumas coisas que antes dava como garantidas. Que muitos de nós estivemos confinados em casa durante dias, privados de liberdade, enquanto muitos outros arriscavam as suas vidas para ir trabalhar. Que houve milhares de pessoas a morrer, sem direito a serem devidamente veladas. E que o governo alemão, sempre tão contido nas palavras, comparou esta época ao que se viveu no pós Segunda-Guerra Mundial.

Se um dia tiver filhos, vou explicar-lhes o impacto que uma acção individual pode ter na vida de quem nos rodeia. Vou explicar-lhes a importância de ter sentido crítico, de acreditar apenas nas fontes de informação fidedignas e de seguir as recomendações das autoridades competentes. Vou dizer-lhe que fiquei feliz por perceber que ainda há muito bom jornalismo, ao mesmo tempo que vi jornais a fechar com receio de não voltar a abrir. Vou dizer-lhes que senti orgulho de viver num país que deu prioridade às vidas, ao mesmo tempo que implementou medidas proteccionistas em relação aos trabalhadores e empresas.

Se um dia tiver filhos, vou dizer-lhes que assisti a maldade, mas vi muito mais solidariedade. Vou dizer-lhes que, mais uma vez, o humor nos salvou.

Vou dizer-lhes que tive medo, mas que também tive esperança.

WP Facebook Auto Publish Powered By : XYZScripts.com