Coimbra  22 de Setembro de 2020 | Director: Lino Vinhal

Semanário no Papel - Diário Online

 

João Pinho

Sementes de Cultura: Lendas – Condeixa a Nova e Condeixa a Velha

24 de Janeiro 2020

Condeixa mapaEsta lenda foi recolhida e publicada pelo historiador Fernando Abreu, em 2016.

Era uma vez um elemento preponderante da nobreza local, o Conde de Condeixa, que tinha uma mulher, a velha, e uma amante, a nova. Um dia encontrou-se com elas numa ponte. Quando o conde se dirigia para junto da mulher, a velha, as velhinhas ali presentes, que davam de comer às pombas, diziam:

– Conde, deixa a velha.

Quando o conde ia para junto da amante, a nova, as velhinhas diziam:

– Conde, deixa a nova.

A partir destes factos, de um lado da ponte, talvez o limite imaginário da divisão, nasceu Condeixa a Velha e do outro emergiu Condeixa a Nova.

(*) Historiador e investigador