Coimbra  22 de Setembro de 2021 | Director: Lino Vinhal

Semanário no Papel - Diário Online

 

Opinião de Luís Filipe Oliveira

Rendimentos Contabilista Certificado: O caminho faz-se caminhando vencendo desafios

27 de Agosto 2021

Publica o nosso INE (Instituto Nacional de Estatística) um relatório de base anual, avaliando as prestações de serviços em atividades com base na localização geográfica: Portugal.

Relativamente à caracterização dos serviços prestados subdivide nas seguintes categorias: Serviços de auditoria financeira; contabilidade; consultadoria fiscal; insolvência e administração judicial; relações públicas e comunicação; consultadoria e gestão de empresas; outros serviços de gestão de projetos, excepto para construção; outros serviços de consultadoria para os negócios; marcas comerciais e franquias (franchises) e outros serviços.

Relativamente às questões metodológicas, deixo a eventual leitura de ficha técnica de forma a podermos ter um melhor enquadramento dessas questões que a serem sempre discutíveis são as que são e estão validadas pelo organismo que em Portugal fornece os dados para podermos com rigor podermos comparar, analisar e concluir.

Os dados são factos. O INE caracteriza este estudo como: Prestação de serviços em actividades de contabilidade, auditoria e consultadoria das empresas por tipo de serviço prestado, disponível on-line e em permanência no site do INE.

Face ao estudo verificamos desde logo que desde 2015 mas principalmente desde 2017, o crescimento do volume de serviços cobrados cresceu, passou mesmo da ordem dos 3,7 milhões de euros para em 2019, 5,0 milhões de euros.

Acho que este dado deve levar de imediato a pensarmos na importância desta actividade e no crescimento que tem representado ao longo dos últimos três anos. Sim há crescimento de faturação, logo, crescimento dos serviços prestados aos clientes.

Se olharmos especificamente para a rúbrica de contabilidade, verificamos que em 2015, 786.925 euros, 2019, 803.425 euros, 2017, 899.746 euros, 2018, 926.479 euros e em 2019, 1.057.916 euros ultrapassando a barreira do milhão de euros: outro grande crescimento, mais expressivo a partir de 2017 como poderemos verificar e que representa um crescimento de 34,5%.

A consultadoria fiscal também cresceu quase para o dobro e relativamente aos restantes itens deixo à liberdade individual a análise da informação.

Quero com isto poder concluir que eu acho que estes dados e estes acontecimentos não acontecem por geração espontânea.

Não acredito que os fenómenos sociais aqui vertidos no estudo sejam fruto do acaso e, ainda não reflectem a realidade de 2020 que creio ser ainda mais expressiva face ao trabalho desenvolvido pelos CC no âmbito de programas como o APOIAR e tudo o que envolveu o serviço de apoio aos clientes na pandemia e nas candidaturas (serviços prestados). Mas deixemos por ora o ano de 2020 para análise futura, sem querer dizer que acho que o crescimento se irá consolidar.

Dizia há tempos que sentia no contacto com os colegas CC um verdadeiro aumento da satisfação de pertença á classe. Esse sentimento de pertença e de notoriedade e mesmo de actividade na sociedade, fruto da actividade dos CC foi muito potenciada e para mim, muito potenciada pela actual Bastonária Dr.ª Paula Franco que desde a primeira hora teve um projecto, uma visão e um caminho para que tal viesse a acontecer. Nunca deixou de combater pelo seu programa que falava especificamente na valorização da profissão e com força e determinação conseguiu obter resultados.

Não foi fácil e para ser simples só posso deixar aqui outra vez o meu! Obrigado.

Ter um projecto, uma ideia, determinação e força. Muitos são, serão e continuarão a ser: “os velhos do Restelo”. O caminho faz-se caminhando, sempre tentando vencer as dificuldades do caminho, corrigindo trajetórias de acordo com as dificuldades mas não perdendo o Norte que a bússola indica.

Termino referindo novamente que o estudo é do INE, entidade responsável pela estatística em Portugal. Como diz o povo aqui no meu Interior: “ A sorte dá muito trabalho”.

Vamos continuar a crescer e a dar cada vez mais notoriedade à profissão e reconhecimento de modo a podermos dizer com cada vez mais orgulho: Sou CC! Contabilista Certificado.

Professor do Ensino Superior – Consultor