Coimbra  25 de Abril de 2024 | Director: Lino Vinhal

Semanário no Papel - Diário Online

 

Paulo Cardantas

O vídeo promocional de Coimbra está bom, mas…

5 de Março 2024

Tornou-se viral nas redes sociais e alvo dos mais rasgados elogios o novo vídeo promocional do Município de Coimbra, apresentado na Bolsa de Turismo de Lisboa – em poucos dias teve mais de 50 mil visualizações. Tem excelentes imagens, mas não sei se o guião se adapta aos novos tempos que os responsáveis municipais dizem estar a imprimir na cidade.Vejamos:

1 – Entre as imagens captadas identificamos a Alta de Coimbra, a Fonte dos Amores, a Quinta das Lágrimas, o rio Mondego, as igrejas da Sé Nova, Sé Velha e Santa Cruz, o Mosteiro de Santa Clara-a-Velha, o Quebra-Costas, a Biblioteca Joanina, a Cabra e o Pátio das Escolas, o Café Santa Cruz, o Jardim Botânico, o Portugal dos Pequenitos, o fado de Coimbra ou a Queima das Fitas. Tudo isto em 3 minutos e 23 segundos.

2 – Trata-se, pois, de um vídeo que assenta a sua narrativa na Coimbra histórica e patrimonial, tendo como fio condutor a lenda de Pedro e Inês.

3 – São várias as perguntas que deixo no ar: onde está a Coimbra moderna, cosmopolita? Onde está a Coimbra do empreendedorismo e inovação? Onde está a Coimbra enquanto pólo de atracção de investimento? Onde está a Coimbra dos grandes eventos (até o plano de um dos concertos dos Coldplay aparece despercebido, entre fogo de artifício…)? Onde está a Coimbra das provas desportivas de cariz internacional e dos modernos equipamentos. Onde está a Coimbra das ciclovias? Onde está a Coimbra que cria talento? Em suma: onde está a Coimbra enquanto ecossistema de qualidade de vida?

4 – Cito apenas uma declaração de José Manuel Silva, a este mesmo jornal, há quatro meses atrás: “Estamos a alterar e a rejuvenescer a forma como as pessoas olham para Coimbra, o que é essencial para o processo de desenvolvimento sustentável que almejamos”.

5 – Este vídeo não acrescenta nada a esse desiderato. Apenas o contradiz.

P.S. – Vejam o vídeo promocional da Comunidade Intermunicipal da Região de Leiria. Vale bem a pena.