Coimbra  31 de Maio de 2020 | Director: Lino Vinhal

Semanário no Papel - Diário Online

 

Nuno Moita da Costa

Mensagem do presidente da Câmara Municipal de Condeixa a todos os munícipes

18 de Abril 2020

Caro Munícipe,

O prolongamento do estado de emergência em que o país se encontra até dia 02 de Maio é uma etapa decisiva para o controlo da pandemia associada ao novo coronavírus e para a reabertura gradual do comércio, serviços e empresas.

Em Condeixa-a-Nova o número de novos casos de infecção por COVID-19 ainda permanece elevado (53 casos confirmados segundo Boletim Epidemiológico da Direcção Geral de Saúde de 17 de Abril) o que só pode motivar-nos a manter e reforçar os cuidados amplamente difundidos de forma a reduzir o contágio.

Quero tranquilizar-vos assegurando que todos os casos testados positivos da doença, na sua grande maioria profissionais ligados à área da saúde, encontram-se devidamente identificados e em rigoroso confinamento, sendo acompanhados na sua recuperação pelas autoridades de saúde, pela Câmara Municipal de Condeixa e pela GNR de Condeixa.

As medidas de prevenção decididas oportunamente pela Câmara Municipal de Condeixa-a-Nova, em articulação com a Protecção Civil, encontram-se ajustadas à realidade concelhia de modo a garantir a segurança de todos os munícipes, sendo reavaliadas a cada momento.

As medidas restritivas impostas pelo estado de emergência em vigor têm sido globalmente respeitadas pela generalidade dos condeixenses. Importa, nesta fase, para além de expressar, de novo, o meu agradecimento pela vossa colaboração, sublinhar a importância de não fazer cedências ao desgaste que esta situação de distanciamento social tem, naturalmente, provocado.

A melhoria global do cenário pandémico ao nível nacional não pode, de modo algum, gerar comportamentos susceptíveis de abrir fendas na barreira de protecção que, com sacrifícios e custos elevados para todos, temos estado a construir.

Qualquer acto negligente no nosso comportamento pode por em perigo todo o trabalho já realizado no combate a esta pandemia e, além disso, comprometer a operacionalidade que tem sido possível manter nos serviços da Câmara Municipal, nomeadamente em serviços básicos como o da recolha de lixo, mas também a operacionalidade de várias instituições, empresas e comércio que fornecem bens e serviços essenciais à população.

Estamos numa fase crucial. Façamos um esforço colectivo para cumprir escrupulosamente as orientações e restrições emanadas pelas autoridades.

Queremos ficar mais próximo do fim da crise, não permitamos retrocessos.

 

Pela sua saúde. Por todos nós. Mantenha-se em casa.

 

Nuno Moita da Costa

Presidente da Câmara Municipal de Condeixa-a-Nova