Coimbra  20 de Agosto de 2019 | Director: Lino Vinhal

Semanário no Papel - Diário Online

 

José Manuel Silva

Feliz Natal!

21 de Dezembro 2018

Vereador  independente da CMC

A presente quadra é oportunidade para pedir algumas prendas de Natal, não para nós, mas para quem delas necessita.
Associação de Moradores da Urbanização do Valverde – Santa Clara, cujo extraordinário projecto “Valverde Emotions” necessita do carinho e aceleração por parte da Câmara Municipal de Coimbra.
A data limite é 31 de Dezembro de 2018.
Associação de Moradores de S. José (do bairro do Vale das Flores) – arranjos dos jardins públicos, a pintura dos lugares de estacionamento e a retirada de viaturas abandonadas.
Associação de Moradores do bairro da Fonte da Talha – existe um projecto, pendente na CMC, há vários anos, para um recinto desportivo/recreativo, que tanta falta faz.
Associação de Moradores do bairro da Fonte do Castanheiro – arranjos emergentes nos telhados afectados pelo furacão Leslie, para evitar infiltrações.
Associação de Moradores do bairro da Rosa – tem problema de infestação por ratos enormes: desratização urgente.
Associação de Moradores do bairro de Celas – projecto do Clube de Celas.
Associação de Moradores do bairro do Loreto – a Câmara não cumpre o contrato de comodato, pois por lá não têm água nem electricidade!!!
Associação de Moradores do Monte Formoso – premente necessidade de mais limpeza e higiene, como em tantos outros locais da cidade.
Associação de Moradores da rua Cidade de São Paulo – a marcação de estacionamentos, arranjo dos passeios, correcção de desníveis e renovação do alcatrão (muito degradado).
Associação Moradores do bairro de António Sérgio – sabemos que, finalmente, está a decorrer um profundo processo de limpeza, o qual, naturalmente, deve ser extensivo a outras zonas do planalto do Ingote. Pensamos que a melhor prenda seria uma visita do Senhor presidente da Câmara ao bairro, conforme convite (a aguardar resposta há quatro anos). Visita essa desejavelmente extensível a todo o planalto do Ingote.
Associação de Moradores do bairro do Ingote – o maior desejo que encontrámos prende-se com a tremenda necessidade de mais limpeza, a vários níveis.
Finalmente, para Coimbra, faço três pedidos de olhos postos em 2019: 1) a atracção de muitos e grandes investimentos industriais, com a criação de milhares de empregos, de que o concelho tanto carece para fixar as famílias e a juventude; 2) o debate na CMC de um plano de recuperação para a «Baixa» citadina e para o Património Mundial da rua da Sofia, incluindo, por exemplo, a revivificação dos dois edifícios que o Município possui na rua de Ferreira Borges, para os quais podemos dar várias sugestões, além da da compra do edifício do antigo Hospital Real (na praça do Comércio), um dos locais onde se poderia instalar um ‘Coimbra story center’, e a compra o edifício onde se encontram os banhos rituais judaicos, de extraordinário interesse arqueológico, histórico e turístico; 3) a revisão do Programa de Acção de Contingência para Pessoas sem-abrigo perante vagas de frio (o qual estava em vigor apenas até 31 de Março de 2018, pelo que formalmente, não há qualquer plano em vigor).
O movimento “Somos Coimbra” exprime, em especial, preocupação face ao critério de activação de alerta amarelo, que apenas acontece quando se prevêem temperaturas mínimas iguais ou inferiores a um grau negativo durante, pelo menos, dois dias seguidos; ora, isso parece-nos muito pouco humano.
Feliz Natal e um excelente 2019!

 

 

WP Facebook Auto Publish Powered By : XYZScripts.com