Coimbra  28 de Janeiro de 2023 | Director: Lino Vinhal

Semanário no Papel - Diário Online

 

Paulo Cardantas

Diz-me como respondes, dir-te-ei que treinador és

25 de Janeiro 2023

Os futuros membros do Governo vão responder a um questionário com 36 perguntas. Um facto semelhante, ainda que mais curto, deveria ser feito à medida dos treinadores do futebol de formação. Ficam aqui 15 sugestões de perguntas.

1 – Se do seu currículo desportivo só constarem vitórias e títulos, acha que está em vantagem na corrida a treinador de uma equipa de formação?

2 – O que o deixa mais realizado: ver os seus jogadores assimilarem os seus conceitos de jogo e jogarem bom futebol, mas terminarem o campeonato em 2.º lugar, ou serem campeões apenas devido ao talento individual de 2 ou 3 jogadores, sem mostrarem crescimento técnico-táctico?

3 – Vai treinar a equipa de infantis do clube X e o dirigente diz-lhe logo no primeiro dia: o objectivo da época é ser campeão. Fica em silêncio ou contra-argumenta?

4 – Transmite aos seus jogadores o objectivo traçado pelo dirigente?

5 – Na primeira palestra da época, qual a mensagem mais importante que deve deixar aos jogadores?

6 – Considera correcta a utilização de expressões junto dos jovens, sobretudo em contexto de jogo, como “deixar a pele em campo”, “até os comemos” ou “ir para cima dos adversários”?

7 – Pede com regularidade os resultados escolares aos seus atletas?

8 – Considera importante conhecer o contexto familiar de um jogador ou entende que é prudente manter um certo distanciamento face aos pais dos atletas?

9 – Se um dos pais lhe for pedir justificações tácticas, quer em relação à equipa, quer ao filho, como acha que deve proceder?

10 – O seu guarda-redes pede-lhe para sair depois de um lance infeliz que resulta num golo do adversário. Acede ao pedido ou tenta demovê-lo?

11 – Um jogador da sua equipa tem um comportamento incorrecto para com um adversário ou o árbitro: mantêm-no em campo ou retira-lo do jogo?

12 – Tem um comportamento padrão com todos os jovens jogadores, ou adapta a sua postura à personalidade de cada um?

13 – Se a definição da equipa titular se basear apenas nos factores assiduidade e qualidade, que percentagem atribui a cada uma delas?

14 – Foi alguma vez expulso por protestos contra a arbitragem ou discutir com elementos da equipa adversária?

15 – Por último, imagine este cenário: assume a presidência de um clube de futebol e tem um orçamento de um milhão de euros para gerir. Que montante atribui ao futebol de formação?