Coimbra  3 de Março de 2021 | Director: Lino Vinhal

Semanário no Papel - Diário Online

 

Campanha “Olhe pelas Suas Costas”

Cinco conselhos para tornar a época natalícia mais segura para a coluna

23 de Dezembro 2020

Em tempo de pandemia, o Natal irá celebrar-se de forma diferente este ano. Distanciamento social, uso de máscaras e celebrações ao ar livre são alguns dos novos cuidados a ter em conta, mas há ainda outros aspectos a ter em atenção durante este período. Para tornar a época natalícia mais segura para a saúde da sua coluna a campanha “Olhe pelas Suas Costas” partilha cinco conselhos fundamentais.

“Todos sabemos que esta época é conhecida como a época dos excessos, sendo importante frisar o papel de não descurar os cuidados com a saúde da coluna durante o Natal. O excesso de peso dos sacos de compras constitui uma das grandes ameaças, sendo que, tanto a forma como são transportados e os levantamos, podem provocar lesões se não forem realizados da melhor forma”, explica Bruno Santiago, coordenador nacional da campanha e neurocirurgião.

No entanto, durante a época natalícia, a prevenção não deve ficar por aqui: “há que ter em conta os excessos alimentares, uma vez que a tendência para comer alimentos pouco saudáveis e em excesso contribui para o aumento de peso, uma das principais causas de sobrecarga sobre a coluna , acrescenta o neurocirurgião.

Para apostar na prevenção, principalmente em alturas mais propícias ao agravamento das dores de costas, como o Natal, a campanha “Olhe pelas Suas Costas” partilha alguns conselhos a ter em conta, para que possa pensar sobre eles:

1. “Ainda está a fazer as suas compras de Natal?” Quando vai às compras é crucial manter uma boa postura enquanto transporta sacos pesados e evitar o manuseamento incorrecto de pesos. Flectir os joelhos quando levanta um peso do chão é o movimento ideal que deve adoptar! Além disso, divida os sacos por ambas as mãos de modo a não andar inclinado(a);

2. “Pensa mais no aconchego do sofá, do que na actividade física? O sofá é normalmente um grande “inimigo” das suas costas e, como tal, deve praticar exercício físico regularmente. A aproveite as férias (se for caso disso) para se exercitar. Ficar “mais isolado” não significa ficar mais sedentário;

3. “É de boa boca?” Cuidado para manter o seu peso controlado. O excesso de peso sobrecarrega as articulações, levando ao seu desgaste. Por isso, deve alimentar-se de forma adequada, não abusando dos doces e salgados típicos de Natal;

4. “Vai viajar (ainda que seja dentro do país)? Para além de ter em atenção às principais normas da Direcção-Geral de Saúde, para se proteger e prevenir da infecção por covid-19, lembre-se que grandes viagens requerem adopção de uma postura correcta, paragens constantes para descanso e alongamentos. Prefira deslocar-se a pé ou de bicicleta, invés de o fazer de carro (sempre que possível). Mas não se esqueça: leve apenas o essencial para que não tenha de transportar muito peso;

5. Costuma andar à pressa e stressado nesta época? Evite situações de stress, como compras de última hora. Compre as prendas com antecedência ou ofereça-as mais tarde. Evite sapatos desconfortáveis e que não forneçam o apoio necessário à coluna. Tenha especial cuidado com os pisos molhados que podem ser bastante escorregadios e se for para um sítio com neve ou gelo, muita atenção às possíveis quedas que poderão trazer graves consequências para a sua coluna.

A campanha “Olhe pelas Suas Costas” reforça ainda que, devido à falta de cuidado com a coluna, sete em cada dez portugueses sofrem de dores nas costas. A adopção de alguns cuidados no dia-a-dia podem ajudar na prevenção de quem não tem dores nas costas bem como no alívio da dor para quem já possui alguma patologia associada à coluna. Dê um presente à sua coluna e não a descuide!

“Olhe pelas Suas Costas”

A campanha “Olhe pelas suas costas”, lançada em 2009, é uma iniciativa que visa sensibilizar a população para a problemática das dores nas costas, alertar para as suas consequências na vida pessoal e profissional dos portugueses e educar sobre as formas de prevenção e tratamento existentes.

A iniciativa tem a chancela da Sociedade Portuguesa de Patologia da Coluna Vertebral, da Associação Para o Estudo da Dor, da Associação Portuguesa de Medicina Geral e Familiar, da Sociedade Portuguesa de Neurocirurgia, da Sociedade Portuguesa de Medicina Física e de Reabilitação e da Sociedade Portuguesa de Ortopedia e Traumatologia e conta com o apoio da Medtronic. Para Mais informações, consulte a Página de Facebook e site da Campanha “Olhe pelas Suas Costas”.