Coimbra  15 de Setembro de 2019 | Director: Lino Vinhal

Semanário no Papel - Diário Online

 

João Pinho

Cinco anos da Comissão Liberato: Homenagem ao fundador da Vista Alegre

25 de Outubro 2018

 

dav

A Comissão Liberato foi fundada a 26.10.2013, no café Atenas, em Coimbra. Nesse dia reuniram-se os três membros fundadores: Armando Martinho, Manuel Seixas e João Pinho. Um grupo mais tarde enriquecido com a integração da Prof.ª Isabel Vargues e do presidente da UF de S. Martinho de Bispo e Ribeira de Frades, Jorge Veloso.

Nesse primeiro encontro definimos os contornos do projecto que nos guiava: homenagear José Liberato Freire de Carvalho através de uma comissão cívica, de cidadania, capaz de alavancar um conjunto de iniciativas que perpetuassem a vida e obra do nosso patrono – distinto parlamentar, ideólogo do primeiro liberalismo, escritor, tradutor e jornalista – nascido em Montessão (freguesia de S. Martinho do Bispo) em 1772 e falecido em Lisboa em 1855.

Com reduzidos meios, e trabalhando de forma graciosa, conseguimos dinamizar diversos eventos enriqueceram a história e memória cultural da cidade, da região e do país: exposição itinerária de base documental, conferências, palestras, lançamento de livros, perpetuação de nome na toponímia, homenagens. E se mais não fizemos foi, francamente, por déficit de apoio por parte de entidades que não souberam ou não quiseram compreender a nossa razão de ser.

Uma recente iniciativa

No passado dia 22.09.2018, pelas 11h00, a Comissão Liberato homenageou, no espaço museológico e museográfico da Vista Alegre, o fundador desta emblemática fábrica nacional, o negociante e industrial José Ferreira Pinto Basto.

A homenagem, prestada nos jardins, junto do busto quase centenário de Pinto Basto (1824-1924), inseriu-se no programa que aquela Comissão vem desenvolvendo desde a sua fundação.

Contando com a colaboração da administração da Vista Alegre, a que se associou a Câmara Municipal de Ílhavo, este evento cultural consistiu numa pequena alocução enquadrando e contextualizando o tema do ponto de vista histórico, seguida de deposição de uma coroa de flores e descerramento de uma lápide, perpetuando a amizade que em vida uniu José Liberato a Pinto Basto.

Um momento testemunhado por mais de 50 pessoas, entre as quais se contaram: membros da comissão, amigos e familiares, ex-funcionários da empresa que colaboraram no restauro do busto e afixação da lápide, e outros convidados. No acto usaram da palavra: pela administração da Vista Alegra, o eng.º Teodorico Pais, pela Câmara de Ílhavo, o seu vice-presidente, o eng.º Marcos Ré; pela Comissão Liberato, o Doutor Manuel Seixas – que enalteceram, em magníficas intervenções, as figuras homenageadas e relembradas naquele dia, o seu exemplo de vida para as gerações presentes e futuras, a sua dedicação a causas e ideias.

Seguiu-se uma conferência no auditório do museu da Vista Alegre, proferida pela professora doutora Isabel Nobre Vargues, ilustre académica da FLUC, subordinada ao tema «A propósito das ideias liberais até 1850», que foi acompanhada com muito interesse pelos presentes.

No debate subsequente a esta conferência concluiu-se da necessidade em investir no estudo da história e memória da época liberal portuguesa, não só pelo aprofundamento de temáticas conhecidas, mas também alcançando o desenvolvimento de novos projectos, sendo indispensável que se cativem investigadores disponíveis.

A fechar o belo quadro desenhado naquela manhã, o grupo visitou a área museológica e museográfica, em visita pedagógica e formativa conduzida pela coordenadora do museu da Vista Alegre, dr.ª Filipa Quatorze.

A Comissão Liberato agradece publicamente a todas as entidades e pessoas que permitiram a realização desta singela iniciativa.

(*) Historiador e investigador

 

WP Facebook Auto Publish Powered By : XYZScripts.com