Coimbra  22 de Setembro de 2019 | Director: Lino Vinhal

Semanário no Papel - Diário Online

 

Lino Vinhal

Campeão das Províncias em tempo de reestruturação – Editorial

16 de Maio 2019

O Campeão das Províncias entrou há dias no 20.º ano de publicação em Coimbra. Antes disso teve vida em Aveiro a partir de 1998 e já a tivera, na sua primeira fase, entre 1859 e 1924. Sessenta e cinco anos nessa altura, portanto, e à volta de 20 nesta segunda fase. Já tem uns anitos. Foi um Jornal de forte intervenção política pela mão de José Estevão, então um político e tribuno prestigiado que a partir de Aveiro desenvolveu intenso combate político.

Aqui chegado, aos tempos de hoje, exige de quem o faz uma séria ponderação do caminho a seguir: manter a rota ou adaptar-se a um novo perfil editorial. Não é fácil uma decisão desta natureza, mas é altura de pensar nisso.

O Director Adjunto do Campeão, o jornalista Rui Avelar, vai deixar de integrar os quadros do Jornal. Foi comigo que se iniciou na profissão já lá vai uma data de anos, andou por outros projectos em Coimbra e Lisboa e em 2003 voltámos a trabalhar juntos. Com muito gosto da minha parte, diga-se desde já. Foi sempre um profissional de mérito, de rigor, cultor da verdade e de elevado sentido ético. Enriqueceu sempre os projectos por onde passou. Serei provavelmente a pessoa melhor colocada para o afirmar sem receio de ser desmentido.

Só que a vida é feita de mudança e o Rui Avelar, como eu também, já fizemos muitos quilómetros pela estrada do Jornalismo. É natural que nos perguntemos se não é chegada a altura de partir. Por circunstâncias várias, decidimos os dois que o Rui pararia agora. Tem todo o direito a ir gozar um pouco mais da vida, a que deu tanto de esforço e sacrifício pessoal e familiar. Eu irei lá ter, assim que as minhas circunstâncias o permitam também.

Mas, enquanto aqui, eu quero dizer aos leitores, de uma forma muito franca, que tive muito gosto e muita honra em ter tido o Rui Avelar como companheiro quer no Campeão das Províncias quer, antes disso, no Diário de Coimbra. Foi sempre um profissional de alto gabarito, dedicado, fiel à sua verdade, rigoroso no descrever dos factos e exigente na sua leitura e interpretação. Se errou alguma vez? Porventura sim, como todos nós erramos ao longo da vida. Mas acredito que, de má – fé, o Rui não errou. Fui, ano após ano, testemunha do seu esforço em ser deontologicamente irrepreensível. Confiou em mim, há muitos anos, o seu desejo em ser jornalista, função que afirmava desejar desempenhar com honra e mérito. Cumpriu, cumpriu muito bem, e deu à profissão o que com certeza a profissão não deu a ele.

Que seja feliz no tempo que aí vem. Que continue a viver com intensidade. Eu deixo-lhe aqui, para além do reconhecimento já expresso, o meu profundo obrigado pela elegância com que ajudou a enriquecer os projectos editoriais em que me envolvi ao longo da minha vida profissional.

Com a saída do Rui Avelar o Campeão das Províncias terá de ajustar a sua matriz ao perfil dos profissionais que o vão trabalhar. É natural que assim seja. O Luís Santos passará a Editor-Executivo e a Diana Baptista coordenará as edições, como já vinha fazendo nos últimos meses. O Luis Santos também está ligado ao Campeão há muitos anos e nós os três –o Rui, o Luís e eu – trabalhamos juntos há muito tempo. Iniciámos a nossa carreira no Diário de Coimbra, cada qual a seu tempo, mas não muito longe uns dos outros. Estamos absolutamente certos que o Luís Santos continuará a dignificar o trabalho já feito por cada um de nós e ajudará a delinear as passadas do Jornal nos tempos que aí vêm e que prevemos nada fáceis, como o não têm sido para a generalidade da Imprensa portuguesa.

Admitimos que possa vir a ser necessário alterar a periodicidade do Jornal de semanário para quinzenário durante um período o mais curto possível, apenas o necessário para procedermos aos reajustamentos a fazer. Se assim tiver de ser, continuaremos a contar com os nossos leitores com quem temos desde há muito uma recíproca relação de confiança que desejamos fortalecer a cada instante. Mas oportunamente diremos se assim será.

Obrigado a todos quantos têm compreendido este projecto editorial e obrigado à equipa que para ele conquistou credibilidade e tão bem a tem sabido manter.

WP Facebook Auto Publish Powered By : XYZScripts.com