Coimbra  19 de Outubro de 2019 | Director: Lino Vinhal

Semanário no Papel - Diário Online

 

Rui Avelar

Be(r)gonha, para que te que quero?

13 de Dezembro 2018

Candidata única (…) indigna históricos socialistas”, titulou, anteontem, em manchete, o Jornal i.

O título alude à perplexidade de alguns camaradas de Maria Begonha por ela, indiferente à falta de pudor que destoa do apelido, aspirar a suceder, dentro de dias, a Ivan Gonçalves na liderança da JS.

Maria Begonha arrisca-se a ser tida como desavergonhada devido às peripécias que ensombraram o arranque da sua campanha. Além de erros no currículo, ela carrega o percalço de haver sido tornada pública, pelo Jornal Observador, a existência de avenças no montante de 140 000 euros obtidas na Câmara Municipal de Lisboa e na Junta de Benfica.

Segundo o semanário Sol, a página de candidatura dava-lhe mais um ano de idade e aludia a um mestrado em Ciência Política apesar de, afinal, a frequência do curso ter ficado por metade. Até a anunciada conquista da presidência de uma associação de estudantes não passou de uma miragem. Os deslizes começaram a ser divulgados, em Outubro, pelo diário Público. A revista Sábado acaba de dedicar duas páginas ao assunto e o Jornal Expresso também fez eco do caso.

Maria, que tem sido parca em considerações, deve pensar que “vergonha é roubar… e ser apanhado(a)”.

 

WP Facebook Auto Publish Powered By : XYZScripts.com