Coimbra  9 de Dezembro de 2019 | Director: Lino Vinhal

Semanário no Papel - Diário Online

 

Luís Santos

Ângulo Inverso: Líti(o)gância

15 de Novembro 2019

Litio

 

Dizem que Portugal é um país pobre, mas há quem acrescente… de espírito (mentalidade, organização). Isto porque recursos naturais não faltam, em terra, no ar e no mar.

Aproveitou-se o vento e a energia eólica está aí, no cimo das montanhas, com ganhos ambientais e para as respectivas freguesias que receberam contrapartidas. Pena é que muitas dessas empresas apresentem zero trabalhadores, o que leva a que quase tudo seja lucro e os locais continuam sem outras oportunidades.

A água é e vai ainda ser um bem mais essencial e a forma de a reter nos rios exclusivamente portugueses, como o Mondego, continua sem perspectivas, a correr quase livremente para o mar.

Temos gás natural, não poluente, mas tarde em conseguir que a sua exploração consiga um acordo para ser viável.

Agora vem o lítio, onde somos um dos países mais ricos neste metal, o petróleo dos carros eléctricos e o material das baterias de telemóvel.

Já ganhou a fama de “petróleo branco”, e temo-lo, quando se dizia que Portugal era um país pobre e muito dependente do exterior porque não tinha petróleo, o “ouro negro”.

Mas como se obtém o lítio? É necessário extrair a rocha mecanicamente e enviar o mineral para trituração. Depois, é peneirado, são adicionados agentes químicos, é seco e filtrado, culminando na transformação em carbonato de lítio ou hidróxido de lítio. O processo pode resultar na contaminação de rios e águas subterrâneas e, ainda, na propagação de poeiras nocivas. Possíveis consequências como estas fazem com que as populações temam a exploração de lítio.

Perante tamanha riqueza, e com os avanços tecnológicos e ambientais existentes, não seria possível chegar a um patamar de entendimento, em que o Interior fosse verdadeiramente beneficiado e compensado?

É que os “negócios” feitos em Lisboa, de que já se fala, deitam tudo a perder e geram uma natural desconfiança. Se não fosse tão valioso…

 

WP Facebook Auto Publish Powered By : XYZScripts.com