Coimbra  9 de Julho de 2020 | Director: Lino Vinhal

Semanário no Papel - Diário Online

 

Visita do Presidente grego a Coimbra afecta trânsito e estacionamento

26 de Janeiro 2017 Jornal Campeão: Visita do Presidente grego a Coimbra afecta trânsito e estacionamento

Prokopis Pavlopoulos, presidente da República da Grécia, visita Coimbra, hoje, onde tem honras de Estado. A cerimónia, que “ocorre pela primeira vez” na cidade, irá perturbar a circulação do trânsito e o estacionamento.

“Não há memória de um chefe de Estado ser recebido em Coimbra com honras de Estado”, cerimónia que “habitualmente acontece em Lisboa”, afirmou, hoje, Manuel Machado, presidente da Câmara de Coimbra, referindo que esta “descentralização”, que aplaude, é promovida pelo Presidente da República, Marcelo Rebelo de Sousa, que acompanhará Prokopis Pavlopoulos durante a sua visita a Coimbra.

Envolvida nas cerimónias estará a Polícia de Segurança Pública (PSP) que irá permitir “que sejam prestadas as devidas honras de Estado à entidade que visita” a cidade e “garantir a segurança de todos os envolvidos”, explicou Pedro Teles, comandante distrital da PSP, durante a apresentação do evento.

Essas medidas provocarão, designadamente, “interrupções e condicionamentos de trânsito” nalgumas zonas da cidade, particularmente no polo I da Universidade e zona envolvente, na “Alta” histórica de Coimbra, onde algumas zonas e artérias serão interditas à circulação e estacionamento automóvel entre as 00h00 e as 18h00 de segunda-feira (30), segundo a Agência Lusa (ver imagens ilustrativas no final do texto).

A PSP, que actuará em cooperação com outras organizações policiais e entidades, como a Câmara e Polícia Municipal, tudo fará para “minimizar os constrangimentos”, assegurou o superintendente Pedro Teles.

Os acessos aos hospitais manterão o seu funcionamento normal, já que “os trajectos escolhidos para a passagem das comitivas presidenciais consideraram aspectos como os das acessibilidades a determinados locais e serviços”, realça a Lusa.

Os transportes públicos também sofrerão limitações e alterações, mas a polícia não poupará esforços para “lhes dar prioridade”, do mesmo modo que também haverá sempre a preocupação de reduzir ao mais curto espaço de tempo os cortes ou condicionamentos de trânsito nas vias do percurso da comitiva.

As avenidas de Fernão de Magalhães e de Sá da Bandeira, a rua da Sofia, a praça da República e grande parte dos respectivos acessos serão as artérias mais afectadas, mas apenas durante a manhã, período do dia em que as cerimónias vão ser mais notadas no trânsito da cidade.

A Câmara de Coimbra e a PSP apelam, por isso, “à compreensão dos cidadãos” para a situação, que mobilizará “muitos meios”, designadamente de diversas unidades da Polícia e da GNR.

“Temos vindo a trabalhar para que a visita do Presidente da Grécia decorra com o maior brio, com toda a dignidade e a solenidade devida”, disse o presidente da Câmara, convidando “todos” a assistirem, designadamente, à chegada dos chefes de Estado grego e português, pelas 09h30, à praça de 08 de Maio, onde Prokopis Pavlopoulos visitará a Igreja de Santa Cruz (panteão nacional), para depor um coroa de flores no túmulo do primeiro rei de Portugal, D. Afonso Henriques.

Esta é mais uma oportunidade para “afirmar Coimbra como uma cidade moderna, aprazível e segura” e “mostrar lá fora” alguns dos seus encantos, sustentou Manuel Machado.

Também ao nível dos transportes públicos haverá alterações, uma vez que as várias linhas dos Serviços Municipalizados dos Transportes Urbanos de Coimbra (SMTUC) irão sofrer alterações entre as 07h30 e as 18h00 de hoje.

Devido ao encerramento de todos os acessos à Universidade de Coimbra, as linhas 28,34 e 103 não vão funcionar nessa zona.

 

Universidade distingue o Presidente Helénico

Na sua deslocação a Coimbra, o Presidente da Grécia será distinguido pela Universidade com o grau de ‘doutor Honoris Causa’ (cerimónia agendada para as 14h30, na sala dos Capelos, na qual Marcelo Rebelo de Sousa será o apresentante).

Os elogios estarão a cargo de José Francisco de Faria Costa e José Manuel Aroso Linhares, ambos docentes da Faculdade de Direito da Universidade de Coimbra, que “apresentou a proposta de atribuição do grau”.

A Faculdade de Direito afirma que Prokopis Pavlópoulos “possui uma carreira política relevante, tendo desempenhado, desde cedo, as mais elevadas funções na vida política da Grécia”, acrescentando que o Presidente grego “tem afinidades com a Faculdade de Direito [UC], em virtude da sua formação jurídica e do desempenho da carreira académica na Universidade de Atenas e na Universidade de Paris II (Panthéon-Assas)”.

Durante a manhã, Prokopis Pavlopoulos irá visitar a UC e almoçar, na antiga igreja do Convento de São Francisco, com mais de uma centena de convidados, designadamente empresários da região e pessoas ligadas à cultura grega, revelou o édil conimbricense.

Presidente Grécia - Prokopis Pavlopoulos

Presidente Grécia – Prokopis Pavlopoulos