Coimbra  27 de Novembro de 2020 | Director: Lino Vinhal

Semanário no Papel - Diário Online

 

Vila Nova de Poiares inaugura memorial a Phil Mendrix

12 de Novembro 2020 Jornal Campeão: Vila Nova de Poiares inaugura memorial a Phil Mendrix

João Miguel Henriques, presidente da Câmara Municipal de Vila Nova de Poiares e Lourdes Mendes, esposa de Phil Mendrix (Filipe Mendes) inauguraram no Centro Cultural de Poiares (CCP), um memorial ao músico e guitarrista, em forma de mosaico de guitarra eléctrica à escala real, evocando assim a data em que o artista comemoraria 73 anos.

A homenagem decorreu na presença de familiares e amigos do guitarrista, e pretende, de forma simbólica, perpetuar a memória de Filipe Mendes, com profundas ligações a Vila Nova de Poiares, mais propriamente ao lugar da Venda Nova e que, faleceu em 2018.

À noite, pelas 21h30, teve lugar um concerto pelo colectivo de músicos “Somos Mendrix”, com a participação de alguns convidados especiais e com a projecção, ao longo do espectáculo, de mensagens de inúmeros artistas de renome nacional não só da área da música como das várias artes performativas, como por exemplo, Manuel João Vieira, Carlos Mendes, Herman José, Jorge Palma, Paulo de Carvalho, Toy, Xutos & Pontapés, entre muitos. Devido às restrições actuais, o concerto decorreu perante um publico restrito, tendo sido transmitido em directo.

As cerimónias de evocação deste aniversário iniciaram-se no dia 09 de Novembro, com a exibição de um documentário sobre a vida e obra do músico, realizado por Paulo Abreu.

Recorde-se que o desaparecimento de Filipe Alberto do Paço d’Oliveira Mendes, que deixou um enorme legado cultural na área da música, representou uma enorme perda para o concelho.

Este foi mais um reconhecimento público e agradecimento do Município ao Phil Mendrix, que já o tinha expressado em 2019, com a atribuição, já a título póstumo, da Medalha Municipal de Mérito – Grau Ouro, na área da cultura.

A ligação de Phil Mendrix a Vila Nova de Poiares era bem forte, sendo recordado por todos pela sua simplicidade, cumplicidade, amizade e pelo seu virtuosismo na guitarra.

Com uma carreira extraordinária, em que passou pelos Chinchilas, Roxigénio, Ena Pá 2000, Irmãos Catita, entre muitos outros projectos, é assinalado por todos como uma referência que inspirou inúmeras gerações de guitarristas, ao nível dos grandes nomes internacionais, e que granjeou ao longo da sua carreira um enorme reconhecimento e admiração entre os seus pares.