Coimbra  12 de Maio de 2021 | Director: Lino Vinhal

Semanário no Papel - Diário Online

 

Vila Nova de Poiares cria fundo de 100 000 euros para apoiar empresas

24 de Março 2021 Jornal Campeão: Vila Nova de Poiares cria fundo de 100 000 euros para apoiar empresas

O Município de Vila Nova de Poiares aprovou a segunda edição do Fundo Municipal de Emergência – Apoio ao sector empresarial.

Esta é uma medida de apoio às empresas e empresários que se viram impedidos ou limitados na sua actividade, nos primeiros meses de 2021, devido às restrições impostas pelo estado de emergência.

“Esta nova edição do Fundo Municipal de Emergência é substancialmente diferente do primeiro, tendo sido auscultado o próprio tecido empresarial e adequado as medidas para que possam ser ajustadas às suas necessidades e, assim, alargar o leque de empresas abrangidas”, afirmou João Miguel Henriques, presidente da Câmara Municipal.

Segundo o autarca, a Câmara vai destinar 100 000 euros do seu orçamento para prestar um apoio às micro e pequenas empresas, cujas actividades económicas estejam relacionadas com os sectores mais afectados pelas medidas de prevenção e mitigação da crise sanitária, sobretudo os que se viram forçados ao encerramento ou suspensão da actividade.

“Atendendo ao horizonte longínquo para a adopção de medidas de desconfinamento total, há que tomar medidas complementares para que as empresas possam voltar a abrir e retomar gradualmente as suas actividades”, disse o edil, acrescentando que este fundo de emergência pode representar um importante apoio a curto prazo na liquidez dos negócios mais afectados, ao mesmo tempo que protege empregos, previne o encerramento de estabelecimentos e promove a recuperação económica.

Podem candidatar-se empresas que, à data de 31 de Dezembro de 2020, tenham um volume de negócios igual ou inferior a 150 000 euros

Os empresários em nome individual e/ou trabalhadores independentes não poderão acumular o apoio previsto no neste artigo com outros a conceder pelo Município, nomeadamente na vertente das famílias.

De referir que, nos temos do fundo de emergência aprovado, poderão ser atribuídos dois apoios financeiros cumulativos – uma ajuda financeira não reembolsável, paga de uma só vez, destinada a custear o valor de uma renda mensal até ao limite máximo de 500 euros; e um apoio financeiro que dependerá do volume de negócios do candidato à data de 31 de Dezembro de 2020. Para volumes de negócios até 80 000 euros, o apoio será de 1 500, enquanto para volumes entre 80 000 e 150 000, serão atribuídos 2 000 euros.

Os apoios serão atribuídos mediante a apresentação das candidaturas, por ordem sequencial e de acordo com o momento de apresentação do pedido de apoio, até ser esgotada a dotação financeira de 100 000 euros, alocada ao Fundo de Apoio Empresarial.

Os interessados podem consultar o website do Município, no qual é disponibilizado o formulário de candidatura.

Para mais esclarecemos deve ser contactado o Gabinete de Apoio ao Empreendedor, através do 239 420 850 ou do email gae@cm-vilanovadepoiares.pt.