Coimbra  27 de Fevereiro de 2021 | Director: Lino Vinhal

Semanário no Papel - Diário Online

 

Vigor da Mocidade celebra 91 anos com relvado novo mas em “pousio”

31 de Janeiro 2021 Jornal Campeão: Vigor da Mocidade celebra 91 anos com relvado novo mas em “pousio”

O ano de 2020 teria sido um marco histórico para o Grupo Recreativo O Vigor da Mocidade, um clube histórico da localidade de Fala, São Martinho do Bispo, que a 01 de Fevereiro celebrou os seus 90 anos. A pandemia obrigou a cancelar toda e qualquer festividade e, este ano, os 91 anos também não serão celebrados como o clube pretendia.

Neste momento não há treinos nem competições. Os atletas desde os três anos de idade aos mais séniores estão fora dos relvados, dos tapetes ou do pavilhão, esperando ansiosamente para retomar o convívio e a prática das várias modalidades que o Vigor proporciona.

Embora não tenha festejado como desejava, o clube recebeu ainda em 2020 o presente que mais ansiava: um novo relvado sintético para o seu campo de futebol, com uma verba de 200 000 euros atribuída pela Câmara de Coimbra. O mesmo já tinha acontecido no pavilhão, que ganhou também um novo piso.

Depois do primeiro confinamento ainda foi possível estrear o relvado, com alguns treinos e também um jogo oficial mas, a evolução da pandemia ditou nova paragem, desta vez, sem data de regresso.

O dia 01 de Fevereiro, na próxima segunda-feira, não terá por isso qualquer celebração oficial, provavelmente apenas o assinalar da efeméride na página de Facebook do clube.

“Neste momento é impossível pensar em qualquer coisa para além da pandemia”, lamenta Mário Fernandes, presidente do clube, reconhecendo que a paragem, inclusive da formação, pode ter levado “à perda de alguns atletas”, em qualquer das modalidades ali praticadas: futebol, natação, patinagem artística e ginástica acrobática.

“Os pais não querem os filhos a treinar e é compreensível”, nota o responsável, enaltencendo que o Vigor conta com mais de três centenas de atletas, muitos deles federados. Quanto às equipas de júniores e séniores de futebol, o presidente do Vigor da Mocidade não acredita na saída de jogadores, até porque “os campeonatos estão todos parados e por isso a situação vivida é transversal a todos os clubes”.

Actualmente, os treinadores das várias modalidades estão a proporcionar treinos online aos atletas da formação, permitindo que, desta forma, “estejam ocupados”, contudo, salienta Mário Fernandes “o treino nunca é igual ao de campo”.

Esta foi o método encontrado pelo clube para não perder a ligação aos seus atletas mais jovens, mantendo-os em contacto com colegas, treinadores e com a modalidade, permitindo simultaneamente que “continuem a adquirir conhecimento”.

Mário Fernandes assume que, nesta altura, “é difícil fazer prognósticos para um futuro próximo”, até porque “este não é o momento do desporto, é o momento da saúde”, apelando a que atletas, dirigentes, treinadores, associados e amigos do Vigor da Mocidade se protejam “para que tudo corra pelo melhor, a pandemia passe rapidamente e se possa voltar à normalidade”.

Patinagem artística em destaque esta semana

Numa tentativa de promover a modalidade, o vínculo dos atletas e a atracção de outros patinadores, a Associação de Patinagem de Coimbra (APC) decidiu organizar, online, a iniciativa “Semana de Promoção da Patinagem Artística da região Centro – Do mar à Serra”.

Assim, desde sábado (30) e até ao próximo dia 07 de Fevereiro, os 14 clubes afiliados da APC – onde se inclui a equipa de patinagem artística do Vigor da Mocidade – vão mostrar-se, na página de Facebook da APC. Todos os dias, pelas 13h00, serão publicados os vídeos de promoção da patinagem artística de dois clubes.

Amanhã (01), dia de aniversário, será a vez das atletas do Vigor virem o seu trabalho disponível online.

Segundo Paula Rodrigues, vice-presidente da APC, esta é uma forma de “promover a modalidade, captar atletas e, simultaneamente, dar uma palavra de força e incentivo a atletas e clubes para que tenham esperança”.

No concelho de Coimbra há três clubes com a modalidade de patinagem artística, para além do Vigor, também a Associação Académica de Coimbra e o Centro Cultural Zouparria do Monte.