Coimbra  25 de Maio de 2022 | Director: Lino Vinhal

Semanário no Papel - Diário Online

 

Vereadores do PS de Coimbra defendem criação do Provedor do Idoso

4 de Abril 2022 Jornal Campeão: Vereadores do PS de Coimbra defendem criação do Provedor do Idoso

Os vereadores do PS defenderam, esta segunda-feira, que o Executivo da coligação Juntos Por Coimbra dê maior atenção às pessoas de maior idade e crie o Provedor do Idoso, entre outras medidas.

Na reunião de Câmara, Regina Bento sugeriu um conjunto de medidas “com vista a enfrentar, de forma séria e determinada, a questão do envelhecimento, com qualidade, da sua população, tornando o Município de Coimbra como um modelo a seguir no tratamento da problemática do envelhecimento activo e saudável”.

Além da criação do Provedor do Idoso, a vereadora socialista preconizou a criação do pelouro da Maior Idade, da Idade Maior ou dos Mais Velhos, criação do Orçamento Participativo Sénior, a par do Orçamento Participativo Jovem, reactivação do projecto de regulamento de funcionamento da Comissão Municipal de Protecção ao Idoso de Coimbra.

Segundo Regina Bento, aquele regulamento foi elaborado na sequência de uma proposta da Associação de Aposentados e Pensionistas Reformados (APRE), mas que não chegou a ser aprovado pela Assembleia Municipal.

A autarca, que integrou o anterior Executivo liderado pelo socialista Manuel Machado, defendeu ainda a criação de programas de educação para a saúde direccionados para os mais velhos e a implementação das medidas cujos objectivos são favorecer a inclusão social dos idosos e aumentar a sua participação na vida social constantes da Estratégia Municipal de Saúde.

“A região Centro é uma das regiões mais envelhecidas do país, característica que tem tendência a acentuar-se, o que se confirma pelos dados dos Censos 2021”, justificou a autarca.

Segundo os Censos 2021, no Município de Coimbra “existem 215 idosos por cada 100 jovens, mais 96 do que em 2001. Ou seja, em apenas 10 anos, o índice de envelhecimento aumentou de forma muito significativa”.

“O envelhecimento da população é uma conquista civilizacional e um marco de desenvolvimento. Precisamos agora de ganhar o desafio da qualidade de vida nas idades mais avançadas e Coimbra tem estado na linha da frente da investigação científica neste domínio”, sublinhou Regina Bento.

A vereadora do PS considerou que Coimbra precisa “agora de passar para a aplicação prática e aqui a autarquia e as Juntas de Freguesia podem fazer toda a diferença”.

“Estas políticas locais para o envelhecimento activo e saudável não podem mais ser adiadas, sob pena de não estarmos a dar resposta às necessidades de uma parte da população que já representa mais de 25% da população do nosso concelho”, disse.