Coimbra  22 de Agosto de 2019 | Director: Lino Vinhal

Semanário no Papel - Diário Online

 

Vereadora preconiza extensão dos SMTUC a Souselas e Botão

4 de Junho 2018

A vereadora do movimento “Somos Coimbra” preconizou, hoje, a extensão da rede dos Serviços Municipalizados de Transportes Urbanos ao território da União de Freguesias de Souselas e Botão.

Ao intervir em reunião pública da Câmara conimbricense, Ana Bastos disse tratar-se da assumpção por parte dos SMTUC de “competências de exploração”, numa zona actualmente atribuída à operadora Transdev, mediante criação de uma carreira de ligação ao centro da cidade.

O prolongamento da linha 19T até à Serra da Rocha, aproveitando o período de paragem das viaturas dos SMTUC na Rocha Nova, foi outra das sugestões da autarca, a par de uma recomendação no sentido de “revisão geral dos horários, adaptando-os a novas necessidades”.

“É impossível cativar utilizadores para o transporte publico quando a paragem se limita a um postalete colocado em valas ou taludes por desmatar; independentemente da localização ser urbana ou rural, todas as paragens devem ser providas de abrigo, com assento e iluminação pública”, advertiu a vereadora do movimento cívico.

Para Ana Bastos, “só com uma boa oferta de transportes coletivos é possível promover a alteração de paradigma da mobilidade urbana, fomentando o uso do transporte publico em detrimento do individual”.

A autarca aludiu a uma norma cujo teor estipula que, até 03 de Dezembro de 2019, todos os transportes terrestres da União Europeia hão-de ter sido submetidos a procedimento concursal e/ou devidamente enquadrados em contratos de serviço público.

Ao lembrar que a Câmara conimbricense deliberou assumir “competências de Autoridade de Transportes Municipal”, a edil questionou a autarquia sobre que tipo de acções tem vindo a empreender no sentido de “aproveitar a oportunidade para optimizar, expandir e ampliar a oferta dos SMTUC, seja no serviço prestado no espaço urbano e às diferentes freguesias, seja na compatibilização com serviços intermunicipais e inter-regionais sob a responsabilidade da Comunidade Intermunicipal (CIM) da Região de Coimbra, seja ainda na preparação da rede para receber e complementar o Sistema de Mobilidade do Mondego”.

Encontrando-se a CIM – RC a preparar os cadernos de encargos para lançamento de concursos internacionais com vista à concessão do serviço público intermunicipal e inter-regional, Ana Bastos fez notar a importância de a Câmara conimbricense assumir se aspira a alargar a rede dos SMTUC e como pretende compatibilizar a sua oferta com a de outros operadores de transporte.

 

 

WP Facebook Auto Publish Powered By : XYZScripts.com