Coimbra  18 de Outubro de 2021 | Director: Lino Vinhal

Semanário no Papel - Diário Online

 

Várias instituições assinalam Dia Internacional da Juventude

11 de Agosto 2021 Jornal Campeão: Várias instituições assinalam Dia Internacional da Juventude

O Instituto Português do Desporto e Juventude (IPDJ), o Conselho Nacional de Juventude (CNJ) e a Federação Nacional das Associações Juvenis (FNAJ) assinalam o Dia Internacional da Juventude (12), com um programa completo de actividades.

Para o dia está programado várias tertúlias, exposições, brigadas jovens de sensibilização, workshops, showcookings, um bootcamp, entre outras actividades.

O tema das comemorações deste ano, definido pelas Nações Unidas, é “Transformar Sistemas Alimentares: Inovação Juvenil para a Saúde Humana e Planetária”. Este tema abre espaço a actividades vocacionadas para o aproveitamento de alimentos; economia circular; nutrição, com a utilização de alimentos oriundos de produtores locais, sazonais e com uma pegada ecológica baixa; compostagem, hortas verticais e outros mecanismos em que cada pessoa pode reduzir o desperdício alimentar e produzir os seus próprios alimentos.

O dia 12 de Agosto foi declarado como Dia Internacional da Juventude em 1999, após recomendação resultante da Conferência Mundial de Ministros Responsáveis pela Juventude, que teve lugar em Portugal, em 1998. Desde então, tem-se celebrado mundialmente este dia, assinalando o potencial transformador da juventude na sociedade e na sustentabilidade social, económica e ambiental.

A juventude tem sido a principal reivindicadora da adopção de medidas e acções políticas de mitigação das alterações climáticas e do esforço e articulação internacional necessários para uma efectiva protecção do planeta.

Os objectivos deste dia que celebra a juventude são de consciencializar para formas de reduzir a pegada ecológica; promover estilos de vida mais saudáveis e ecologicamente sustentáveis; incentivar a juventude a desenvolver acções inovadoras na área da protecção do planeta e da biodiversidade, e conhecer melhor a economia circular.