Coimbra  24 de Janeiro de 2020 | Director: Lino Vinhal

Semanário no Papel - Diário Online

 

Universidade de Coimbra quer aproximar-se do tecido empresarial

6 de Dezembro 2019

A Universidade de Coimbra apresentou, hoje, o projecto “UC Business”, uma iniciativa que pretende aproximar o conhecimento produzido na instituição com o tecido empresarial.

“Este é um ponto de viragem”, afirmou o reitor da Universidade de Coimbra, Amílcar Falcão, durante a apresentação do projecto, referindo que o “UC Business”, apesar de “não partir do nada” pretende “dar um impulso muito diferente e distinto na relação com o tecido empresarial”.

Para Amílcar Falcão, este projecto vai levar a que a Universidade de Coimbra não seja apenas reactiva em relação às necessidades das empresas, permitindo uma postura de “proactividade”.

O projecto, que conta com uma equipa multidisciplinar própria, pretende aumentar a eficácia na transferência de conhecimento para o tecido empresarial e reforçar as parcerias com esse sector, explicou o vice-reitor Luís Simões da Silva.

“Querendo trabalhar com grandes, médias e pequenas empresas, bem como com startups, e o projecto apresenta três eixos definidos e diversas áreas estratégicas, entre elas, a saúde, o clima e a mobilidade ou o digital e o espaço”, referiu.

Um dos eixos consiste na utilização da capacidade instalada da Universidade de Coimbra para assegurar serviços especializados às empresas, com o “UC Business” a ir “às empresas e procurar activamente que necessidades é que têm”c, referiu.

No eixo do investimento, o projecto pretende assegurar “um contacto contínuo com o meio empresarial e investir no desenvolvimento de valor a médio e longo prazo”, bem como continuar com o apoio ao empreendedorismo e fomentar ainda mais acções específicas de empregabilidade dos estudantes da instituição.

O terceiro vector centra-se na parceria, querendo alargar as áreas e estruturas com que a Universidade de Coimbra colabora.

De acordo com Luís Simões da Silva, o “UC Business” pretende, também, ajudar na procura de financiamento ou diminuir a carga burocrática junto dos investigadores e docentes, assegurando, entre outras coisas, a gestão dos processos de pedido de patentes.

O projecto prevê ainda a criação de um edifício próprio para a iniciativa, no Polo II da Universidade de Coimbra, onde está concentrada grande parte da Faculdade de Ciências e Tecnologia.

Na sessão de apresentação do projecto esteve também presente o secretário de Estado da Economia, João Neves, que salientou a importância da valorização do conhecimento para se conseguirem “construir propostas de valor que ganhem quotas de mercado”, realçando a necessidade de se criarem “formas mais sofisticadas de articulação” entre a academia e o tecido empresarial.

Durante a sessão, que decorreu no Polo II da Universidade de Coimbra, foi ainda assinada uma parceria entre a instituição de ensino superior e a empresa Tilray, dedicada ao fabrico e cultivo de produtos de canábis, e foi apresentada a iniciativa “Académica Start UC”, que procura sensibilizar jovens do ensino secundário para a inovação e o empreendedorismo.

 

WP Facebook Auto Publish Powered By : XYZScripts.com