Coimbra  6 de Dezembro de 2021 | Director: Lino Vinhal

Semanário no Papel - Diário Online

 

União de Freguesias de Souselas e Botão assinou protocolo com a Cimpor

28 de Outubro 2021 Jornal Campeão: União de Freguesias de Souselas e Botão assinou protocolo com a Cimpor

A União de Freguesias (UF) de Souselas e Botão celebrou, ontem (27), uma nova parceria com a Cimpor. Trata-se de um protocolo de cooperação que visa, acima de tudo, a valorização da população local e o desenvolvimento da região, bem como a transparência ambiental da empresa.

“Hoje é um dia marcante. É o culminar de muito trabalho. Vamos colocar por escrito aquilo que temos vindo a fazer desde 2013, ano em que tentamos mostrar ao país e ao mundo que se vive bem em Souselas e Botão”, começou por referir Rui Soares, presidente da UF de Souselas e Botão.

O autarca explicou que durante oito anos viveu uma relação difícil com o anterior Executivo municipal, e por isso agradeceu e elogiou o trabalho das empresas que estiveram disponíveis para ajudar no desenvolvimento da freguesia, como foi o caso da criação do novo Espaço Cultural de Souselas e Botão, local onde decorreu a assinatura do protocolo.

“Este é um protocolo essencial para o desenvolvimento da freguesia e um exemplo do trabalho que pretendemos fazer em prol da população. É importante manter uma relação de proximidade com empresas como a Cimpor e perceber em que áreas podemos criar sinergias para o bem-estar dos cidadãos. Queremos manter uma atitude activa e fazer parte da solução e nunca do problema”, referiu ainda o presidente da UF de Souselas e Botão.

Rui Soares aproveitou a presença do novo presidente da Câmara Municipal de Coimbra, José Manuel Silva, e deixou um apelo: “Pretendemos ser ressarcidos destes oito anos de desinvestimento. Há muito para fazer e contamos com o novo Executivo”.

A parceria com a Cimpor começou por ser celebrada com a entrega, por parte da empresa, de um autocarro à freguesia que permitirá apoiar na mobilidade de toda a população. É objectivo do protocolo continuar a contribuir para o desenvolvimento económico, social e ambiental das populações. O acordo prevê um apoio à concretização de obras consideradas estratégicas pelo Executivo desta União de Freguesias, no valor total de 360 mil euros até 2024.

Entre as acções previstas está a construção de uma passagem pedonal junto ao rio Botão sob a linha férrea em Souselas; a construção de telheiros e melhoramentos associados para as escolas do 1.º ciclo do ensino básico de Larçã, Marmeleira e Jardim Infantil de Souselas; a requalificação do Mercado de Souselas; a remoção de amianto nos edifícios do Centro de Saúde e da Casa do Povo, bem como a impermeabilização dos pisos e a colocação de isolamento térmico; o melhoramento do Polidesportivo da Mata de S. Pedro e a colocação de um novo piso no Polidesportivo de Souselas.

Luís Fernandes, administrador da Cimpor mostrou-se orgulhoso pela parceria com o órgão Executivo. “A relação que mantemos com as comunidades locais onde nos inserimos assume-se como um valor estratégico fundamental na actividade que desenvolvemos. O protocolo de cooperação que hoje assinamos com a União de Freguesias de Souselas e Botão e o vasto programa de acções que temos planeado para os próximos anos terão impacto na vida das populações em sectores tão importantes como o social, o económico ou ambiental”, afirma.

Ao abrigo do protocolo, a Cimpor passa ainda a disponibilizar regularmente à União de Freguesias de Souselas e Botão as medições das variáveis inscritas na Declaração Ambiental do Centro de Produção de Souselas, construída nos termos do Sistema Comunitário de Ecogestão e Auditoria (EMAS), com impacto ambiental local, mantendo o respectivo histórico disponível.

José Manuel Silva, que acompanhou a apresentação do autocarro e a celebração do protocolo, mostrou-se satisfeito com a parceria. “Representa aquilo que deve ser para benefício de todos a relação entre o sector público e o sector privado, esta simbiose e aproveitamento de sinergias que é possível, e o facto de uma empresa poder proporcionar um grande benefício em termos de recursos à freguesia onde está instalada e com isso contribuir para a qualidade de vida local”, declarou.

O presidente da Câmara em resposta ao pedido de apoio de Rui Soares informou que a ordem dada ao Gabinete de Apoio às Freguesias é de dar prioridade aos projectos mais antigos.