Coimbra  8 de Dezembro de 2019 | Director: Lino Vinhal

Semanário no Papel - Diário Online

 

União 1919 convoca Assembleia Geral para decidir se passa a SAD

21 de Novembro 2019

O Clube União 1919 convocou, para 30 de Novembro, uma Assembleia Geral Extraordinária para informar os sócios sobre a possibilidade de se vir a constituir uma SAD (Sociedade Anónima Desportiva) e para votar esse mesmo projecto.

A proposta chegou ao clube através do empresário Jorge Mendes (Xuxa), tendo o projecto sido explicado numa outra Assembleia Geral, realizada a 30 de Outubro, mas na qual compareceram poucos sócios.

Assim, “com vista a uma maior participação nesta decisão, entendeu a Direcção, em coordenação com os restantes órgãos sociais, convocar uma Assembleia-Referendo”, a realizar-se dia 30 de Novembro, entre as 14h30 e as 18h00, no Pavilhão União Coimbra.

O objectivo, salienta o União 1919, é que “o voto seja o mais possível esclarecido”.

Segundo a Ordem de Trabalhos, haverá em primeiro lugar uma intervenção por parte da Direcção do clube sobre a proposta recebida, seguindo-se depois a deliberação sobre uma proposta de constituição de SAD para o futebol sénior.

O clube adianta, contudo, algumas considerações importantes sobre a proposta de constituição de SAD:
• A Clube União 1919, Futebol, SAD (doravante SAD) diz apenas respeito à equipa sénior de futebol;
• O Clube União 1919 (doravante Clube) terá participação na SAD em 20 por cento;
• Da Administração da SAD fará parte um elemento que a Direcção do Clube a indicar;
• A SAD fica com o direito de explorar comercialmente os signos e marcas do clube;
• As receitas resultantes da exploração comercial da marca “União” reverterão a favor da SAD;
• A SAD utilizará obrigatoriamente em todos os suportes da sua actividade o emblema do clube;
• No caso de serem criados novos emblemas, bandeiras ou elementos identificativos, o Clube, poderá utilizá-los em todas as modalidades desportivas, tendo em vista a uniformidade e a manutenção da sua identidade;
• As receitas decorrentes da realização dos jogos, nomeadamente as decorrentes da venda de bilhetes, lugares anuais, tribunas e camarotes para os jogos e de eventuais transmissões televisivas, cabem exclusivamente à SAD;
• Por cada jogador transferido pelo Clube à SAD, o primeiro tem direito a 20 por cento) do valor recebido pela SAD em eventuais transferências de jogadores oriundos da formação numa futura venda dos referidos jogadores;
• Todas as despesas a realizar com a equipa de futebol sénior serão da responsabilidade da SAD:
O projecto de protocolo encontra-se disponível para consulta na secretaria do Clube, no Pavilhão União de Coimbra.

WP Facebook Auto Publish Powered By : XYZScripts.com