Coimbra  25 de Abril de 2024 | Director: Lino Vinhal

Semanário no Papel - Diário Online

 

ULS Coimbra celebra Dia Mundial do Rim e exige acesso igualitário a cuidados de saúde renal

7 de Março 2024 Jornal Campeão: ULS Coimbra celebra Dia Mundial do Rim e exige acesso igualitário a cuidados de saúde renal

Celebra-se no próximo dia 14 de Março o Dia Mundial do Rim, com o lema “Saúde renal para todos – promoção do acesso equitativo aos melhores cuidados e tratamentos”. A Unidade de Nefrologia Pediátrica do Departamento de Pediatria da Unidade Local de Saúde de Coimbra (ULS Coimbra) associa-se a esta iniciativa com um programa voltado para as crianças. Entre os dias 11 e 14 de Março, várias actividades serão realizadas no Hospital Pediátrico e nas escolas da comunidade.

No dia 11 de Março, das 10h30 às 12h00, será apresentada uma narração teatral intitulada “No dia em que o lobo fugiu das histórias”, encenada pela associação artística “Recortar Palavras”, destinada às crianças internadas no Hospital Pediátrico e crianças convidadas de escolas locais.

Já no dia 13 de Março, das 10h30 às 12h00, acontecerá a “Hora do Conto – Madalena na Nefrologia”, uma actividade desenvolvida pelo grupo de educadoras do Hospital Pediátrico em colaboração com o professor de música. Este momento também marca o lançamento do livro educativo “Madalena na Nefrologia”, escrito pela enfermeira Rute Serra, membro da equipa de Nefrologia Pediátrica.

No Dia Mundial do Rim, 14 de Março, das 10h30 às 12h10, será realizada uma sessão educativa para alunos do 5.º e 6.º ano de escolaridade, dinamizada pelos médicos e enfermeiros da Unidade de Nefrologia Pediátrica, no Colégio Rainha Santa Isabel. Além disso, ao longo do dia, haverá animação lúdica e musical pela Operação Nariz Vermelho nos diversos serviços de internamento do Hospital Pediátrico, Hospitais de Dia e áreas comuns, com a participação do professor de Música e das educadoras.

Carmen do Carmo, médica da Unidade de Nefrologia Pediátrica da ULS Coimbra e presidente da Sociedade Portuguesa de Nefrologia Pediátrica (SPNP), destaca a importância do tema deste ano, sublinhando a necessidade de políticas de saúde inclusivas para garantir o acesso equitativo aos cuidados e tratamentos. Através de várias iniciativas, pretende-se sensibilizar para a importância do acesso igualitário aos cuidados de saúde renal, visando melhorar a qualidade de vida e reduzir a progressão da doença.

Carolina Cordinhã, médica da Unidade de Nefrologia Pediátrica da ULS Coimbra e coordenadora do Grupo de Trabalho de Nefrologia da Comunidade da SPNP, destaca os desafios enfrentados pelas crianças e adolescentes com doença renal e a importância de campanhas como esta para sensibilizar e educar a comunidade sobre a saúde renal.