Coimbra  27 de Setembro de 2021 | Director: Lino Vinhal

Semanário no Papel - Diário Online

 

UC: Faleceu o professor Manuel Augusto Rodrigues

16 de Dezembro 2016 Jornal Campeão: UC: Faleceu o professor Manuel Augusto Rodrigues

Faleceu, esta noite, Manuel Augusto Rodrigues, professor catedrático jubilado e que foi pró-reitor das comemorações dos 700 anos da Universidade de Coimbra.

O corpo do extinto, que morreu na Pampilhosa (Mealhada) e tinha 80 anos de idade, está desde as 17h00 de hoje na capela da Universidade de Coimbra. Amanhã (sábado) haverá uma celebração religiosa, pelas 09h30, seguindo-se o funeral para Penela, chegando pelas 11h30 à sua terra natal.

Manuel Augusto Rodrigues formou-se em Teologia e Ciências Bíblicas e Línguas Semíticas, respectivamente pela Pontifícia Universidade Gregoriana e pelo Pontifício Instituto Bíblico de Roma (1955-1962). Frequentou, ainda, a École Biblique et d’Archéologie Française de Jerusalém (1962-1963).

Em 1963, foi convidado pela Faculdade de Letras da Universidade de Coimbra como professor extraordinário para reger a cadeira de História do Cristianismo. Doutorou-se em 1975 em História da Cultura Medieval e Moderna, com a defesa da tese “A Cátedra de Sagrada Escritura na Universidade de Coimbra (1537-1640)”. Prestou provas para professor extraordinário em 1978 e para professor catedrático em 1980.
Teve a seu cargo diversas disciplinas como História da Cultura Moderna, Antiguidade Oriental, História da Península Hispânica, História da Universidade de Coimbra, História das Religiões e Línguas e Culturas Árabe e Hebraica.

Manuel Augusto Rodrigues dirigiu várias teses de mestrado e de doutoramento e foi autor de mais de duas centenas de estudos sobre Exegese Bíblica, História da Teologia e da Igreja, Línguas Semíticas, Humanismo e História da Universidade de Coimbra, áreas em que desenvolveu as suas investigações em arquivos e bibliotecas nacionais e estrangeiros.
Entre os cargos exercidos contam-se o de pró-reitor para as comemorações dos 700 anos da Universidade de Coimbra (1990-1994) e o de director do Arquivo da Universidade (1980-2003). Era membro de várias academias e instituições portuguesas e estrangeiras.

O extinto era irmão de Manuela Rodrigues, que foi membro da Comissão Administrativa da Câmara Municipal de Penela (pós-25 de Abril de 1974).