Coimbra  22 de Outubro de 2020 | Director: Lino Vinhal

Semanário no Papel - Diário Online

 

UC: Faculdades “quebram paredes” com o curso de gestão em Saúde

11 de Maio 2018 Jornal Campeão: UC: Faculdades “quebram paredes” com o curso de gestão em Saúde

O reitor da Universidade de Coimbra salientou, hoje, o facto de as faculdades de Medicina, de Economia e de Farmácia criarem, em conjunto, o Curso de Especialização em Gestão e Direcção em Saúde (GEDIS).

“Vejo com muita satisfação esta colaboração, que representa uma quebra das paredes muito grossas entre faculdades, para que a Universidade participe na melhoria dos conhecimentos dos profissionais da área da Saúde e responda a uma necessidade sentida pela sociedade”, referiu João Gabriel Silva.

Para o director da Faculdade de Medicina, Duarte Nuno Vieira, a criação deste curso representa “um contributo para a ruptura com a inércia e o funcionamento desejável em novos moldes orgânicos e funcionais, assim como uma aproximação e intercâmbio em parceria”.

Na apresentação do curso, que vai funcionar no ano lectivo 2018/19, mas cujas candidaturas se iniciam já a 15 de Maio, houve intervenções de Isabel Vaz, do grupo Luz Saúde, de José Martins Nunes, ex-presidente do Conselho de Administração do CHUC, e de Maria de Belém Roseira, presidente da Comissão de Revisão da Lei de Bases da Saúde.

O curso, que vai também ter a colaboração das faculdades de Letras e de Direito, tem como objectivo principal a criação de novas e específicas competências no âmbito da gestão e direcção das organizações em Saúde.

A criação do GEDIS vem aumentar a oferta formativa e colmatar uma lacuna na região Centro no que respeita ao critério de admissão à obtenção da competência de gestão de serviços de Saúde reconhecido pelas ordens dos Médicos e dos Farmacêuticos.

O novo curso aposta na componente de aplicação prática, “visando preparar quadros actuais e futuros para os desafios dos sistemas e serviços de saúde num cenário complexo e multifacetado”, conforme afirma a coordenação do GEDIS.

Com uma duração de nove meses, a coordenação científica do curso é assumida pelos directores das faculdades de Medicina, Farmácia e Economia, respectivamente, Duarte Nuno Vieira, Francisco José Veiga e Maria Teresa Pedroso de Lima.