Coimbra  2 de Julho de 2020 | Director: Lino Vinhal

Semanário no Papel - Diário Online

 

UC compra por meio milhão a residência estudantil da Alegria

20 de Janeiro 2017 Jornal Campeão: UC compra por meio milhão a residência estudantil da Alegria

A Universidade de Coimbra foi autorizada pelo Ministério das Finanças a comprar a Residência Universitária da Alegria, uma das mais antiga da cidade, numa operação que vai custar 500 000 euros, segundo anunciou o reitor.

Após a autorização do Ministério das Finanças, fica a faltar a validação da operação por parte do Tribunal de Contas, explanou o reitor da Universidade de Coimbra (UC), João Gabriel Silva, referindo que dentro de “dois a três meses” espera estar com o presidente da associação de estudantes a assinar “a escritura de compra da residência da Alegria”.

A aquisição e intervenção vão avançar através de “receita própria” da UC, informou o reitor, que falava, ontem, durante a cerimónia de tomada de posse do novo presidente da Associação Académica de Coimbra (AAC), Alexandre Amado.

A Residência Universitária da Alegria, fundada em 1948, funciona num edifício tomado de arrendamento, sendo que a AAC já tinha alertado no passado para as fracas condições da mesma.

Segundo João Gabriel Silva, o projecto de reabilitação do espaço será elaborado após a compra do edifício, sendo que a intervenção total “não deverá ficar muito longe” de um investimento de um milhão de euros.

Em 2016, o reitor já tinha alertado para o facto de ser “muito difícil” conseguir que o Ministério se pronunciasse, num momento em que já tinha sido comunicada a disponibilidade dos herdeiros daquela casa, situada na “Alta” de Coimbra, para a vender.

Também nesse ano, a Associação Académica de Coimbra tinha defendido uma intervenção “urgente” de reabilitação em cerca de metade das 14 residências de estudantes da UC.