Coimbra  23 de Maio de 2019 | Director: Lino Vinhal

Semanário no Papel - Diário Online

 

UC com mais livros em português no directório internacional DOAB

17 de Maio 2019

A editora lusófona com mais livros indexados no Directory of Open Access Books (DOAB – Directório de Livros de Acesso Aberto) é a Imprensa da Universidade de Coimbra (IUC).

Este feito foi atingido com as 250 obras indexadas neste directório de referência internacional e é “mais um selo de qualidade do trabalho desenvolvido pela IUC”, sublinha o seu director e vice-reitor para a Cultura e Ciência Aberta, Delfim Leão.

Para o responsável, esta “afirmação da Imprensa da UC como a principal editora lusófona presente no DOAB é o corolário de um longo processo, de cerca de oito anos, que atinge agora a sua maturidade”.

E esta presença não se trata “apenas de ter livros em acesso aberto [para consulta pela comunidade cientifica e sociedade civil], mas sim de ter livros que cumpram um conjunto de requisitos de gestão cientifica e editorial de acordo com as boas práticas internacionais”, realça Delfim Leão, acrescentando que se atingiu já este patamar, mas “é um número que está previsto ser reforçado, paulatinamente, ao longo dos próximos meses”.

Com crescente disseminação do conceito de ciência aberta [a disponibilização em acesso aberto de dados e publicações, permitindo a partilha do conhecimento entre a comunidade científica, a sociedade e as empresas], esta notícia da IUC na elite do DOAB “aumenta também a relevância internacional da Universidade de Coimbra: para qualquer editora/instituição académica não basta produzir boa ciência. É determinante que essa ciência chegue aos interlocutores certos”, adianta.

“Temos de estar nas grandes auto-estradas da informação. A entrada em grandes directórios internacionais permite que a nossa ciência chegue de facto aos pares que a poderão valorizar. E isso reflecte-se, obviamente, em todos os indicadores da UC”, não esquecendo que a Imprensa da UC “publica também a obra de muitos autores de fora da UC: os autores que publiquem connosco saem valorizados”, enfatiza Delfim Leão.

A Universidade anuncia, também, que está já em funcionamento o seu novo website – UC Open Science (www.uc.pt/openscience) – passando a albergar toda a produção da UC nesta área.

“O UC Open Science procura dar visibilidade agregada a todas as iniciativas que têm que ver com a ciência aberta com a marca da UC – e que assentarão, sobretudo, em três grandes pilares de actuação: o acesso aberto às publicações, os dados abertos e a ciência cidadã”, conclui o vice-reitor.