Coimbra  17 de Junho de 2019 | Director: Lino Vinhal

Semanário no Papel - Diário Online

 

Turismo do Centro: Sector “pode e deve continuar a crescer” na região

1 de Fevereiro 2019

O presidente da Direcção da Associação para a Promoção do Turismo na Região Centro de Portugal disse, hoje, que a actividade turística nesta zona do país “pode e deve continuar a crescer”, aproveitando os recursos e instrumentos financeiros disponíveis.

“Andamos agora com a discussão do ‘overtourism’ (excesso de turistas num local), mas nós não temos isso”, frisou Pedro Machado, que tomou posse do cargo de presidente da associação, em representação da Entidade Regional de Turismo do Centro de Portugal, para um mandato de três anos, durante uma cerimónia em Viseu.

Segundo o responsável, a Região Centro tem ainda “uma estadia média abaixo da média nacional” e “uma taxa de ocupação abaixo da média da taxa nacional”.

“Portugal tem 65,3 milhões de dormidas, o Centro de Portugal tem 6,7 milhões de dormidas. Nós temos uma estadia média de 1,8, quando a média nacional está nos 2,7. Temos aqui caminho a fazer”, concluiu.

Pedro Machado referiu que esta é uma região com características muito diversas e, nalguns casos, assimétricas, exigindo a manutenção do “clima de confiança com as empresas e os empresários” para continuar a crescer.

“Do ponto de vista do que a estatística nos diz, há aqui um campo imenso ainda para ser trabalhado”, realçou.

O responsável disse que o número de dormidas por cada cem habitantes nacionais e estrangeiros permite perceber “que há municípios que têm um conjunto significativo já de alguma massificação, mas isso não acontece com os municípios da Região Centro”.

Pedro Machado exemplificou com os números das dormidas por cada cem habitantes nalguns concelhos: Porto com 1 764, Lisboa com 2 483, Ourém com 2 912, Aveiro com 429 dormidas e Albufeira com 20 613.

“Temos condições para consolidar o trabalho quer da captação de investimento, quer da requalificação do nosso parque turístico”, considerou, acrescentando que este trabalho deverá ser feito “em linha com as novas agendas” que a associação quer trabalhar, nomeadamente a economia circular, a sustentabilidade e a eficiência energética.

A lista completa dos órgão sociais da Agência Regional de Promoção Turística Centro de Portugal é a seguinte:
DIRECÇÃO
Presidente
Pedro Manuel Monteiro Machado – Entidade Regional de Turismo Centro de Portugal
Vice-presidente
Jorge Manuel da Silva Almeida “Loureiro” – Associação da Hotelaria, Restauração e Similares de Portugal
Vogais
José Eduardo Arimateia Antunes – Empreendimentos Turísticos Montebelo – Sociedade de Turismo e Recreio SA
António Luís Vaz da Veiga Camões – NATURA IMB HOTELS
Alexandre Marto Pereira – Fátima Hotels Group
Cristina Maria de Jesus Durães – Hotel Moliceiro
João Manuel Pinto Pereira Tomás – Casas da Senhora da Estrela – Turismo Rural Lda.
Luís Miguel Rodrigo Sousinha – Hotel Maré – António Carepa Sousinha & Filhos Lda.
Maria Salomé dos Santos Costa – Aveiro City Lodge / The Bohemian Place – Sonetos d’Avenida – Actividades Hoteleiras, Lda
Vítor Jorge Paiva Leal – Termalistur – Termas de S. Pedro do Sul
Vítor Manuel Osório Gonçalves – Associação Portuguesa das Agências de Viagem e Turismo
MESA DA ASSEMBLEIA-GERAL
Presidente
Paulo Alexandre de Faria Fernandes – Grupo NOV Turismo, E.H. Hotéis e Turismo SGPS, S.A.
Secretário
João Paulo Romão de Faria e Sampaio – Marialvamed Turismo Histórico e Lazer Lda – Casas do Coro TER
Vogal
Alexandre Pereira de Almeida – Hotéis Alexandre d’ Almeida, Lda
CONSELHO FISCAL
Presidente
Margarida Ferreira dos Santos – Hotel Grão Vasco
1.º Vogal
Victor Fernando Oliveira Claro – Sociedade Marialvotel, Lda.
2.º Vogal
Hélder Edgar Almeida – Restaurante Muralha da Sé – Hélder Edgar Almeida, Unipessoal Lda.

 

WP Facebook Auto Publish Powered By : XYZScripts.com