Coimbra  16 de Julho de 2019 | Director: Lino Vinhal

Semanário no Papel - Diário Online

 

Turismo do Centro premiado na maior feira portuguesa do sector

1 de Março 2018

Pedro Machado e Jorge Loureiro recebem o prémio pelo Turismo do Centro

 

A edição de 2018 da Bolsa de Turismo de Lisboa (BTL), que decorre até domingo (04), tem como destino convidado o Turismo Centro de Portugal, que foi, ontem (28), distinguido com o “Prémio Reconhecimento”, na gala Portugal Trade Awards, da Publituris.

A cerimónia de inauguração do certame foi antecedida pela gala da Publituris, onde o Turismo Centro de Portugal foi reconhecido, além de outras individualidades e empresas da região: Ana Abrunhosa, presidente da Comissão de Coordenação e Desenvolvimento Regional do Centro (CCDRC); Paulo Romão e Carmen Santos, das Casas do Côro (Melhor Alojamento em Espaço Rural); e Humberto Oliveira, presidente da Câmara Municipal de Óbidos (prémio Melhor Autarquia).

A cerimónia contou com a presença da secretária de Estado do Turismo, Ana Mendes Godinho, e do presidente do Turismo de Portugal, Luís Araújo.

Durante os próximos dias, e por ser destino convidado, o Turismo Centro de Portugal será o protagonista de diversas iniciativas, que se traduz num “sinal de apreço pela capacidade de renovação de um território tragicamente afectado no Verão passado”, mas que, mesmo assim, conseguiu bater todos os recordes nos vários indicadores de turismo: dormidas, hóspedes e proveitos da actividade.

Nesse sentido, o Turismo Centro de Portugal vai promover diversas acções de promoção, quer no seu stand (que este ano aumentou, mas continua central no pavilhão principal), quer um pouco por todo o espaço da feira e, também, na cidade de Lisboa. Da região estão representadas 30 empresas e instituições, algumas com participação gratuita por terem sido afectadas pelos incêndios.

Segundo o Turismo do Centro, o stand terá à disposição dos visitantes dois simuladores, um de surf e outro de bicicleta, além de um local para jogar mini-golfe e um espaço dedicado aos “Lugares Património Mundial no Centro” (Mosteiros de Alcobaça e Batalha, Convento de Cristo em Tomar e Universidade e Alta de Coimbra). O stand dará, ainda, particular destaque à apresentação dos Produtos Turísticos Integrados (PTI) das Comunidades Intermunicipais que integram a região Centro de Portugal.

Durante os dias de feira, e apelando às sensações dos visitantes, haverá diversas experiências e degustações enogastronómicas, em parceria com a Escola de Hotelaria de Coimbra, e com a presença de chefes de cozinha da região, além de momentos de animação cultural e outros eventos institucionais.

Nesta feira de turismo vai, também, marcar presença a Comunidade Intermunicipal da Região de Coimbra (CIM – RC), que terá um programa próprio previsto para o dia de hoje, alinhado com o projecto “Região de Coimbra Turismo 2020 – Promoção Integrada dos Produtos Turísticos da Região de Coimbra”, que se revela como um dos mais promissores do país.

A inauguração do certame coube ao primeiro-ministro António Costa, que fez questão de passar pelo espaço do Centro de Portugal e, até, experimentar algumas das actividades à disposição dos visitantes.

Protocolo assinado com o IEFP

Durante a BTL, o Turismo Centro de Portugal vai assinar um protocolo de colaboração com o Instituto de Emprego e Formação Profissional (IEFP), cujo acordo tem como finalidade “promover o desenvolvimento de melhores condições de empregabilidade, fomentar a aprendizagem ao longo da vida, estimular o empreendedorismo e realinhar trajectórias profissionais em áreas de menor empregabilidade”, revelou o IEFP.

Esta colaboração vai traduzir-se em diversas acções de formação, a título individual ou conjunto, relacionadas com temáticas como “Informação e Promoção Turística” ou “Património Artístico e Cultural”.

O acordo visa, ainda, “qualificar activos e desempregados, melhorando o seu perfil de empregabilidade, em complemento à qualificação de produtos turísticos, designadamente eventos que promovam os territórios, rotas e circuitos pedestres, cicláveis ou de fruição espiritual”.

O presente protocolo aplica-se a toda a região Centro de Portugal, de acordo com o âmbito de intervenção territorial do IEFP.

WP Facebook Auto Publish Powered By : XYZScripts.com