Coimbra  31 de Maio de 2020 | Director: Lino Vinhal

Semanário no Papel - Diário Online

 

Turismo do Centro lança campanha ‘Chegou o Tempo’ para o mercado nacional

18 de Maio 2020 Jornal Campeão: Turismo do Centro lança campanha ‘Chegou o Tempo’ para o mercado nacional

O mercado nacional é o foco da “campanha patriótica” ‘Chegou o Tempo’, lançada hoje, em Aveiro, pela Turismo do Centro, numa altura em que já reabriram 40% dos 1.032 empreendimentos turísticos da região, que engloba 100 municípios.

“Somos a primeira região turística a nível nacional a lançar uma iniciativa desta natureza, destinada a um novo tempo de recuperação económica e turística”, disse o presidente da Turismo do Centro, durante uma cerimónia no Museu Santa Joana, que coincidiu com a reabertura dos museus após o período de contenção por causa da pandemia da covid-19.

Pedro Machado anunciou ainda que uma campanha semelhante, destinada ao mercado espanhol, arrancará em Julho, se vier a confirmar-se a reabertura da fronteira, anunciada para 15 de Junho.

O líder da entidade regional classificou a campanha “Chegou o Tempo” como sendo “patriótica e inspiradora”.

“É um apelo à cidadania, que nos dá a possibilidade, entre outras coisas, de esbater as assimetrias entre o litoral e o interior do país. É o tempo de não deixar nenhum português para trás”, disse Machado, que convidou os portugueses a redescobrirem as riquezas turísticas, históricas e gastronómicas do Centro do país.

A campanha tem como mote “Quando foi a última vez que fez algo pela primeira vez?” e tem como meios de suporte a televisão, redes sociais e outras ações de marketing digital. Será orientada para férias tranquilas, na natureza, para turistas nacionais que viajem em família ou pequenos grupos.

Machado avançou que 40% dos empreendimentos turísticos da região já reabriram e que 33% anunciaram a reabertura até 15 de junho. Os restantes devem voltar ao normal após essa data, vaticinou.

Todos os empreendimentos e restaurantes, cuja reabertura a nível nacional estava marcada para hoje, irão exibir o selo “Clean&Safe”, criado pelo Turismo de Portugal para assegurar que os estabelecimentos respeitam as disposições de combate à covid-19 emanadas pela Direcção-Geral da Saúde.

No Centro do país já estão certificados 354 empreendimentos turísticos, 77 alojamentos locais e 141 agências de viagens e turismo. O responsável da Turismo do Centro acredita que esse número vai aumentar exponencialmente com o regresso ao trabalho dos restaurantes.

A campanha tem um custo de 203 mil euros, sendo comparticipada em 80% por fundos do programa Portugal 2020.

“O Turismo é uma actividade estratégica da região, que vinha com números de crescimento impressionantes”, justificou Jorge Brandão, um dos gestores do programa coordenado pela Comissão de Coordenação e Desenvolvimento Regional do Centro.

O presidente da Câmara de Aveiro, Ribau Esteves, que foi o anfitrião da apresentação, destacou que “chegou o tempo” da recuperação económica e turística, depois de o país inteiro ter sido obrigado “a fazer o caminho das pedras” por causa das medidas de contenção da covid-19.

“O Centro de Portugal tem sido um exemplo notável de crescimento na área de Turismo”, reconheceu o autarca, convidando os portugueses a serem “os primeiros turistas na nossa terra”.