Coimbra  17 de Junho de 2019 | Director: Lino Vinhal

Semanário no Papel - Diário Online

 

Tributos a Zeca Afonso, em Coimbra e na Lousã

23 de Fevereiro 2018

Por ocasião do 31º. aniversário da morte de José Afonso, há tributos ao intérprete da Canção de Coimbra, hoje à noite, na cidade e na Lousã.
No espaço Liquidâmbar, em Coimbra, a evocação do intérprete de “Do Choupal até à Lapa” está a cargo de Rui Pato, Maria Toscano e Alexandre Barros, por iniciativa de “Por Mão Própria”.
Na Lousã (restaurante Portas Largas), elementos do antigo grupo Novárvore, com a Cooperativa Trevim, Cooperativa Arte-via e Liga de Amigos do Museu de Louzã Henriques organizam um jantar recheado de música e de poesia.
O evento conta com a participação dos músicos Ramiro Simões, João Queirós, Luís Garção, Manuel Neto e Luís Gaspar, entre outros, além do actor Rui Damasceno, que declamará textos do autor de “Grândola, Vila Morena”.
Também conhecido pelo diminutivo Zeca, o “trovador da liberdade” deixou o nome ligado à Canção de Coimbra, numa primeira fase, e, mais tarde, enquanto cantor de intervenção, ao combate ao regime deposto a 25 de Abril de 1974.

WP Facebook Auto Publish Powered By : XYZScripts.com