Coimbra  16 de Julho de 2024 | Director: Lino Vinhal

Semanário no Papel - Diário Online

 

Três detidos na Figueira da Foz por ameaças e agressões a polícias

20 de Fevereiro 2020

A Polícia de Segurança Pública (PSP) deteve, ontem (19), na Figueira da Foz e em Coimbra, três homens por agressões e ameaças a agentes da autoridade.

O primeiro detido trata-se de um cidadão, com cerca de 30 anos, suspeito de vários crimes graves de ameaça contra a vida, sequestro, roubo e já condenado por tráfico de droga, que foi preso no cumprimento de um mandado de detenção, na própria residência.

Quando elementos da Esquadra de Investigação Criminal da Figueira da Foz chegaram ao local, pelas 14h45, “verificaram que o suspeito, por se ter apercebido da presença policial, se preparava para fugir”, o que tentou de facto fazer, mas foi interceptado pelos polícias.

“O suspeito demonstrou uma atitude muito violenta, resistindo fervorosamente à detenção, agredindo com violência os polícias e proferindo-lhes ameaças contra a integridade física, bem como a qualquer pessoa que os tentasse ajudar”, adianta a PSP, revelando que, “assim que foi possível foram chamados reforços que permitiram a sua detenção”.

O incidente levou a que dois agentes ficassem feridos, tendo um deles necessidade de ser conduzido ao hospital.

Ainda na Figueira da Foz, mas já pelas 23h15, a PSP deteve um outro homem, de 54 anos, no seguimento de uma denuncia de um caso de violência doméstica, na zona da Gala.

“No local, enquanto tentávamos falar com a vítima, o agressor, bastante exaltado, tentava dissuadir a polícia da sua missão, ameaçando os agentes e mandando-os sair da residência. Recusou-se a fornecer dados da sua identificação e foi advertido de que estava a incorrer no crime de desobediência”, esclarece a PSP, sublinhando que “a atitude e ameaças graves mantiveram-se pelo que foi detido”.

Já cerca da mesma hora, mas em Coimbra, na avenida de Sá da Bandeira, os agentes detiveram outro indivíduo, com 39 anos. Neste caso, a Polícia foi chamada ao local por ali “estarem a ocorrer desentendimentos entre um motorista de um autocarro e um utente. Enquanto o motorista nos relatava que tinha sido vítima de ameaças e injúrias por parte do suspeito, este começou a dirigir ameaças graves contra a integridade física contra os polícias e a injuriá-los”, nota a PSP.

“Das ameaças e injúrias passou às agressões, empurrando um polícia e desferindo um murro contra outro”, afirma a PSP, dando-lhe por isso, ordem de detenção.

Ainda ontem (19), pelas 18h20, a PSP de Coimbra deteve outra pessoa, desta vez uma mulher com 34 anos pelo crime de furto.

A Polícia foi chamada a um hipermercado do Vale das Flores por alegadamente ter ocorrido um furto, facto que se verificou aquando da chegada dos agentes, verificando que a suspeita “ocultou alguns artigos num saco que trazia, tentando sair do estabelecimento sem os pagar”.

Já pelo crime do condução sob o efeito do álcool, foram detidas outros dois homens, de 26 e 32 anos, apresentando taxas de álcool no sangue de 1,40 e 1,44 gramas por litro.