Coimbra  17 de Agosto de 2019 | Director: Lino Vinhal

Semanário no Papel - Diário Online

 

Tondela: Detido alegado agressor sexual de filha e de enteada

29 de Junho 2018

A Directoria do Centro da Polícia Judiciária acaba de deter um homem pela presumível prática dos crimes de violação, coacção sexual e abuso, de que foram vítimas duas raparigas, actualmente com 15 e 19 anos.

Fonte da PJ disse à Agência Lusa que o indivíduo, empregado na construção civil, é pai de uma das vítimas e padrasto de outra, presumindo-se que cometeu os supostos crimes na residência (zona de Tondela).

“O detido é pai da vítima mais nova e padrasto da outra”, indicou a mesma fonte, acrescentando que os crimes terão ocorrido ao longo dos últimos cinco anos e que o homem foi presente, ontem (quinta-feira), a primeiro interrogatório judicial de arguido detido, havendo sido sujeito à mais severa das medidas de coacção (prisão preventiva).

Quanto à filha do indivíduo, o abuso infligido a menor de 14 anos é punível, ainda que não haja lugar a cópula, coito oral ou anal, independentemente de eventual consentimento da vítima, por consistir em crime contra a autodeterminação sexual.

O arguido, 39 anos de idade, haverá tirado partido da relação de proximidade familiar com as vítimas para cometer os crimes.

As raparigas, que quando reagiam era alvo de violência física, terão revelado os factos à mãe, que desencadeou o processo de detenção.

 

 

 

WP Facebook Auto Publish Powered By : XYZScripts.com