Coimbra  17 de Maio de 2022 | Director: Lino Vinhal

Semanário no Papel - Diário Online

 

Teatro regressa ao Convento São Francisco em Coimbra

3 de Março 2022 Jornal Campeão: Teatro regressa ao Convento São Francisco em Coimbra

O teatro marca a agenda do próximo fim-de-semana (5 e 6) no Convento São Francisco, em Coimbra, com duas peças.

 A cooperativa cultural “Teatro O Bando” apresenta o “Paraíso – A Divina Comédia” no palco do grande auditório. Nesta encenação de João Brites, com duração de 90 minutos, Pedro Gil é um Dante solitário em diálogo interior com uma muito singular paixão e a plasticidade vocal de Sara Belo continua a dar corpo à inatingível Beatriz, pelas 21h30 de sábado.

Esta co-produção do Teatro Nacional D. Maria II tem participação especial de Fabian Bravo, Inês Gregório, Maria Taborda, Nisa Eliziário, Rita Brito e Suzana Branco. Com eles estará uma surrealista banda de sopros que mistura o corpo dos instrumentistas com os instrumentos como se fosse a obra inacabada de um ceramista louco, num espectáculo que pretende contribuir para a investigação que se faz e continuará a fazer em torno do Paraíso que Dante Alighieri imaginou.

Já na tarde de domingo, pelas 16h00, a Black Box vai acolher “Joana”, no âmbito do Dia Internacional da Mulher. Também com encenação de João Brites, este é um texto criado a partir de “Silêncio” e “Saga” de Sophia de Mello Breyner Andresen. Suzana Branco é Joana, num monólogo com muitas personagens dentro.

Num registo intimista e de grande simplicidade, este é um espectáculo onde a representação, a abstração e o simbolismo são ferramentas usadas à vista de todos, permitindo que os poucos elementos cenográficos presentes permitam navegar naquele mar, embarcar no navio, sentir o cheiro do convés, observar os portos ao sabor das palavras de Sophia, encantatórias e pungentes.