Coimbra  9 de Julho de 2020 | Director: Lino Vinhal

Semanário no Papel - Diário Online

 

Taveiro: CDS/PP e PCP intercedem pelo Posto da GNR

13 de Janeiro 2017 Jornal Campeão: Taveiro: CDS/PP e PCP intercedem pelo Posto da GNR

O Grupo Parlamentar do CDS/PP e o Partido Comunista acabam de questionar o Governo acerca do encerramento nocturno do Posto da GNR em Taveiro.

Os deputados centristas Ana Rita Bessa, Vânia Dias da Silva, Nuno Magalhães e Telmo Correia perguntam se o Executivo vai beneficiar o edifício ou construir um novo.

“Que medidas vai o Governo tomar para garantir às populações da União de Freguesias de Taveiro, Ameal e Arzila a manutenção do benefício do serviço de proximidade” prestado pela Guarda?, interroga o PCP.

Na expectativa da permanência da GNR em Taveiro, durante 24 sobre 24 horas, o Partido Comunista pergunta que medidas vai o Ministério da Administração Interna tomar no sentido de “resolver vários problemas que afectam o Posto”.

Numa pergunta enviada à tutela da Guarda, deputados do CDS/PP interrogam se a titular do MAI tem conhecimento da situação em que se encontra o Posto taveirense.

O edifício atribuído à GNR de Taveiro (corporação que estivera, antes, em Casais do Campo) não possui condições de funcionamento adequadas para assegurar a pernoita dos militares, vincam os sobreditos parlamentares.

Os deputados advertem que a população residente no território da referida União de Freguesias (UFTAA) sente “preocupação e apreensão” pelas consequências da inexistência de policiamento de proximidade no período nocturno.

Segundo o PCP, a Junta da UFTAA tem desenvolvido esforços para resolver vários problemas que afectam o Posto taveirense da GNR e disponibilizado informação sobre terrenos disponíveis para a construção de novas instalações.