Coimbra  25 de Outubro de 2021 | Director: Lino Vinhal

Semanário no Papel - Diário Online

 

Soure distinguido como Município sustentável

23 de Setembro 2021 Jornal Campeão: Soure distinguido como Município sustentável

O Município de Soure foi distinguido com o Galardão ECOXXI, promovido pela Associação Bandeira Azul da Europa, que reconhece as melhores práticas de sustentabilidade ao nível municipal.

A cerimónia anual de divulgação dos resultados e entrega dos prémios decorreu na passada quarta-feira (22), na Fábrica de Santo Tirso. De acordo a Câmara de Soure, houve, este ano, 58 candidaturas a “Município ECOXXI”, o que representa 19% dos municípios portugueses e uma das maiores participações registadas ao longo de 15 edições do programa.

“É motivo de orgulho e muita satisfação ver que o Município de Soure se encontra entre os municípios mais sustentáveis do país, particularmente, por vermos reconhecidos os resultados de opções de gestão que têm procurado e conseguido alcançar avanços significativos nas mais variadas dimensões”, disse o presidente da Câmara de Soure, Mário Jorge Nunes.

O autarca salientou que este reconhecimento se traduz num estímulo e contributo para que a autarquia se mantenha empenhada na concretização de políticas e estratégias que garantam o desenvolvimento sustentável do concelho.

Nesta edição, os indicadores de referência para aferição das práticas/políticas de sustentabilidade foram a promoção da educação ambiental por iniciativa do município; educação ambiental – Programas FEE; implementação do programa Bandeira Azul; participação, cidadania e governança; informação disponível aos munícipes; emprego; cooperação com a sociedade civil em matéria de ambiente e de promoção do desenvolvimento sustentável; certificação em sistemas de gestão de qualidade; áreas classificadas (âmbito conservação da natureza); conservação da natureza (biodiversidade e geodiversidade); gestão e conservação da floresta; ordenamento do território e ambiente urbano; qualidade do ar e informação ao público; qualidade da água para consumo humano; qualidade dos serviços de águas prestados aos utilizadores; produção e recolha selectiva de resíduos urbanos; valorização do papel da eficiência.