Coimbra  12 de Maio de 2021 | Director: Lino Vinhal

Semanário no Papel - Diário Online

 

Soure atribui apoios ao funcionamento de associações culturais

5 de Abril 2021 Jornal Campeão: Soure atribui apoios ao funcionamento de associações culturais

O Município de Soure vai atribuir apoios ao funcionamento a todas as associações culturais com actividade programada e iniciada em 2020.

Esta ajuda, destinada a entidades com acção cultural comprovada em 2019, visa apoiar as associações que, apesar da suspensão de actividades devido à pandemia da covid-19, tiveram despesas com o pagamento de água, luz, gás, seguros e outros gastos de funcionamento.

Deste modo, tendo como base de apoio o montante financeiro do ano anterior, conferido pelo relatório de actividades entregue por cada associação, a autarquia vai atribuir apoios ao funcionamento a Bandas Filarmónicas, Escolas de Música, Tunas, Grupos Corais, Grupos de Concertinas, Grupos de Folclore, Grupos de Teatro e Grupos de Dança, no valor de 86 850 euros, relativamente ao ano de 2020.

Para além disto, a Câmara Municipal aprovou a segunda alteração ao Regulamento de Concessão de Incentivos e Apoios à Recuperação da Actividade Económica Concelhia, no âmbito da epidemia da covid-19 – “ImpulSoure 2020” –, para conceder apoios a associações culturais, desportivas, sociais e recreativas do concelho.

Para efeitos de apoio, serão elegíveis despesas realizadas entre Março de 2020 e 30 de Novembro de 2021, designadamente gastos de funcionamento corrente, como rendas e impostos resultantes da titularidade e manutenção de bens móveis e imóveis, despesas de água, saneamento, recolha de resíduos e respectivas taxas legais obrigatórias, energia e seguros. No total, o apoio não será superior a 5 000 euros no máximo de 95% das despesas elegíveis.

De acordo com o Executivo, estas medidas são “de extrema importância para este sector”, e visam “contribuir para a subsistência das inúmeras colectividades existentes e garantir que as mesmas possam retomar a sua actividade o mais brevemente possível”.