Coimbra  6 de Julho de 2020 | Director: Lino Vinhal

Semanário no Papel - Diário Online

 

Soure aprova contas de 2019 por maioria com receita superior a 17 milhões

1 de Julho 2020 Jornal Campeão: Soure aprova contas de 2019 por maioria com receita superior a 17 milhões

As contas de 2019 do Município de Soure, cuja receita arrecadada foi superior a 17 milhões de euros, foram aprovadas por maioria pela Assembleia Municipal.

Com 19 votos a favor e seis abstenções, o relatório de gestão e prestação de contas foi aprovado, tendo o mesmo documento já seguido a mesma decisão em reunião do executivo, presidida por Mário Jorge Nunes, eleito pelo PS.

“O documento traduz a maior receita municipal arrecadada dos últimos anos, que se cifra em 17.036.343,39 euros”, afirma a autarquia em comunicado, indicando que a despesa “situou-se nos 16.954.979,48 euros”.

Também este valor é “o maior dos últimos anos”, o que demonstra um “forte investimento” desta autarquia.

“As despesas de capital (investimento) ascenderam a cerca de 6,5 milhões de euros. O investimento realizado foi financiado com recurso a fundos comunitários, mas também através de meios municipais”, adianta.

Segundo a Câmara de Soure, “as receitas correntes não só cobriram as despesas correntes, como o Município ainda libertou cerca de 2.701.878,28 euros para investimento”.

“Apesar do forte investimento em 2019, a autarquia ainda consegue fazer transitar para 2020 um excedente orçamental no valor de 81.363,94 euros, que reforçará a capacidade de investimento municipal para este ano”, realça.

Quanto às “grandes opções do plano”, o Município atingiu “um grau de execução assinalável de 93,48 por cento e as áreas com maior valor executado” foram habitação, urbanismo e urbanização, saneamento e salubridade e desenvolvimento económico e defesa do meio ambiente.

“O prazo médio de pagamentos situa-se em nove dias, o que fica muito abaixo da média nacional, fixada em 28 dias”, salienta.

Entretanto, o valor da dívida “baixou uma vez mais, representando a 31 de Dezembro de 2019 um total de 3.126.186,10 euros, o que deixa larga margem para o recurso ao financiamento bancário, para realização de investimentos estruturantes”.

“O desempenho económico-financeiro da autarquia em 2019 foi amplamente positivo, no valor de 1.323.527,66 euros”, sublinha ainda a Câmara Municipal.