Coimbra  17 de Setembro de 2019 | Director: Lino Vinhal

Semanário no Papel - Diário Online

 

Soure: Agrupamento de Escolas Martinho Árias integra projectos europeus

6 de Setembro 2019

O Agrupamento de Escolas Martinho Árias, de Soure, inicia este ano lectivo a sua estratégia de internacionalização, estando envolvido até 2021 em quatro projectos europeus financiados pelo programa Erasmus+, foi hoje anunciado.

“Durante o ano lectivo de 2018/19 foram feitas quatro candidaturas ao programa Erasmus+ que foram agora aprovadas. Estas candidaturas permitirão a 10 docentes do Agrupamento irem, até Agosto de 2021, frequentar formação na União Europeia com o objectivo de melhorar as suas práticas pedagógicas e conhecerem métodos inovadores em sala de aula de forma a promover a motivação e inclusão de alunos em sala de aula. Após a formação pretende-se que as boas práticas sejam integradas no quotidiano do Agrupamento de forma a melhorar os resultados escolares de estudantes, aumentando a satisfação e motivação do pessoal educativo”, refere uma nota daquele agrupamento.

Para além deste projecto de mobilidade em que o Agrupamento de Escolas Martinho Árias é coordenador, é também parceiro em três projectos de intercâmbios entre escolas coordenados por entidades espanholas e italiana.

O projecto “Bookpackers around Europe: inspiring journeys through past and present cultures” é coordenado pela escola IES Enric Valor Castalla, de Espanha, e tem como objectivo sensibilizar a comunidade educativa para a importância de promover a leitura através de um clube de leitura internacional que irá envolver todas as comunidades locais das escolas envolvidas no projecto (Soure e Espanha, mas também escolas da Turquia, Polónia e Itália) melhorando as competências linguísticas de leitura, compreensão e expressão oral em línguas maternas e estrangeiras.

O projecto ECO-LOGIC Environmental Consciousness as Opportunity: from Leonardo to Oncoming, Globally Involved Citizens, é coordenado por uma escola italiana, o Istituto Comprensivo di Calvisano, e visa a identificação de problemas ambientais a nível local, sensibilizando a comunidade educativa para a protecção ambiental através de actividades artísticas. Este projecto conta com a parceria de escolas da Grécia, Lituânia e Dinamarca para além de Soure e de Itália.

O quarto projecto aprovado intitula-se Omnes Viae, All The Roads, Todos Los Caminos, é coordenado pela escola espanhola IES Albarregas, situada em Mérida (Espanha) e conta com escolas parceiras provenientes da Roménia, Bulgária e Grécia, para além de Soure. Através deste projecto pretende-se promover o conhecimento das línguas clássicas e do passado comum ligado à civilização romana através do apadrinhamento de vias romanas existentes em todos estes países.

“Todos estes projectos são financiados pelo programa Erasmus+ e terão impacto em toda a comunidade escolar sourense em virtude de permitirem o envolvimento de estudantes do 3.º ciclo do ensino básico e do ensino secundário no seu desenvolvimento e implementação, fomentando o sentido de cidadania e pertença à União Europeia de estudantes e suas famílias”, salienta a mesma nota, sublinhando que permitirão, igualmente, a mobilidade para fins de aprendizagem de cerca de 80 estudantes portugueses, durante os próximos dois anos lectivos, e o acolhimento, em Soure, de um total de 80 estudantes estrangeiros, acompanhados por docentes responsáveis, que visitarão o concelho e desenvolverão actividades educativas de qualidade na vila localidades próximas.

Jornal Terras de Sicó

 

WP Facebook Auto Publish Powered By : XYZScripts.com