Coimbra  7 de Julho de 2020 | Director: Lino Vinhal

Semanário no Papel - Diário Online

 

‘Sons da Cidade’ regressa no sábado a Coimbra

18 de Junho 2020 Jornal Campeão: ‘Sons da Cidade’ regressa no sábado a Coimbra

A VII edição do ‘Sons da Cidade’, evento cultural anual que celebra a inscrição da Universidade de Coimbra, Alta e Sofia” na lista do Património Mundial da UNESCO, começa sábado (20), sob o signo da reflexão e intervenção artística.

Com o tema “Números [e|i]Números”, evocando as inúmeras efemérides que se celebram este ano, a iniciativa decorre nos dias 20,21 e 22 de Junho e 23 de Setembro.

Tendo em conta a situação actualmente vivida, o evento regressa com um programa adaptado ao período de desconfinamento que o país atravessa. Assim, a VII edição de Sons da Cidade, organizada pela Associação RUAS (Recriar a Universidade, Alta e Sofia), pela Universidade de Coimbra (UC), Câmara Municipal e Direcção Regional de Cultura do Centro, convida à revisitação de espaços, momentos e obras musicais e literárias, tem como mote vários acontecimentos como os 730 anos da UC, o Jubileu dos Mártires de Marrocos e de Santo António, os 750 anos do nascimento da Rainha Santa Isabel e os 50 e 25 anos das mortes de José Régio e Miguel Torga, respectivamente.

O programa arranca com duas visitas guiadas, com lugares limitados e inscrição prévia obrigatória: um percurso pelo Património Mundial da UC, de sábado (20) a segunda-feira (22), às 10h00; e “3 escritores, 7 percursos”, uma evocação da obra de D. Dinis, José Régio e Miguel Torga, nos mesmos dias, pelas 15h00.

Ainda no sábado, pelas 17h00, o Jardim Botânico recebe “Uma Viagem Musical (a três tempos) pelos 730 anos de história da Universidade de Coimbra”.

Este ano o ‘Sons da Cidade’ passa, também, pelo Museu Nacional de Machado de Castro, com a actividade “#versoREverso da obra de arte”, um olhar sobre sete pelas da colecção do Museu e sete poemas, segunda-feira, pelas 18h00, assim como com um momento musical no Pátio do Museu, pelo grupo ‘Segue-me à Capela’, pelas 19h00, do mesmo dia.

Por fim, para 13 de Setembro, está reservado o concerto “730 anos da UC: 73 Harpas no Mondego”. Este é um espectáculo único, que decorrerá no Pátio das Escolas.