Coimbra  13 de Novembro de 2019 | Director: Lino Vinhal

Semanário no Papel - Diário Online

 

Somos Coimbra exige a abertura da Urgência dos Covões 24h/dia

8 de Julho 2019

O vereador José Manuel Silva, do movimento Somos Coimbra (SC), desafiou, hoje, o executivo socialista da Câmara a conseguir a abertura da Urgência do Hospital dos Covões durante 24 horas por dia.

No período de antes da ordem do dia da reunião da edilidade, José Manuel Silva considerou que “este estúpido e economicista encerramento nocturno da urgência dos Covões só acontece em Coimbra, precisamente por ser uma cidade governada por uma Câmara frouxa, que não defende os interesses da Saúde”.

Segundo o vereador do SC e ex-bastonário da Ordem dos Médicos, “os problemas da destruição dos Covões e do SNS são responsabilidade, desde há quatro anos, do PS, do BE e do PCP/CDU, partidos que dizem que defendem a nova maternidade nos Covões mas que, durante este longo período de quatro anos, nada fizeram pelos Covões”.

“Alguns, para desviar as atenções dos verdadeiros responsáveis políticos, parece quererem culpar o presidente do Conselho de Administração do CHUC pelas decisões estratégicas que são e não são tomadas. Como todos sabemos, é evidente que o presidente do CHUC, um simples peão do jogo de xadrez da Saúde, apenas faz a gestão corrente do CHUC, sem autonomia para nenhuma decisão estratégica, nem em termos políticos, que são da responsabilidade do Ministério da Saúde, nem em termos financeiros, asfixiado pelos cortes do Ministério das Finanças”, acrescentou.

Para José Manuel Silva, “construir a maternidade dos Covões obriga a um reequipamento extenso dos Covões, exigindo centenas de milhões de euros para recuperar instalações, equipamento, especialidades e todos os inerentes recursos humanos, para além do custo do serviço de obstetrícia e neonatalogia”, pelo que, no seu entender, “fica muitíssimo mais caro construir o novo serviço nos Covões do que nos HUC, mas se houver dinheiro para tudo, nada a opor”.

“Se o movimento Somos Coimbra governasse a Câmara de Coimbra, a urgência dos Covões estaria aberta 24h/dia, com a contratação dos profissionais necessários, a Cirurgia Torácica do CHUC não estaria em risco de encerrar e os problemas do trânsito nos HUC estariam resolvidos”, concluiu.

 

WP Facebook Auto Publish Powered By : XYZScripts.com