Coimbra  8 de Dezembro de 2019 | Director: Lino Vinhal

Semanário no Papel - Diário Online

 

Solução inovadora da UC para o sector imobiliário recebe 50 000 euros

22 de Novembro 2019

O projecto “Localista”, liderado pelo docente e investigador da Faculdade de Ciências e Tecnologia da Universidade de Coimbra (FCTUC), João Fonseca Bigotte, recebeu um financiamento de 50 000 euros do ESA BIC Portugal.

Este projecto, focado no desenvolvimento de uma solução digital inovadora para o sector imobiliário, recebeu este apoio financeiro do Business Incubation Center da Agência Espacial Europeia em Portugal (ESA BIC Portugal).

Esta solução pretende “mudar o paradigma na compra e venda de casas”, sendo possível a cada utilizador encontrar “o imóvel mais adequado aos seus interesses, avaliando a localização deste em função das suas preferências de mobilidade e de qualidade/estilo de vida, por exemplo, o acesso a meios de transporte públicos, a proximidade a escolas, a zonas verdes ou a zonas de entretenimento, etc.”, explicita o investigador do Centro de Investigação do Território, Transportes e Ambiente (CITTA).

É que hoje em dia, a informação disponibilizada nos websites imobiliários, um dos principais meios de pesquisa, “centra-se em dois critérios – descrição das características do imóvel e indicação do preço -, negligenciando um factor de decisão crucial – a localização. A nova solução irá permitir comparar a localização dos imóveis de forma objectiva, traduzindo a facilidade de acesso a equipamentos e serviços que uma dada localização permite, ou seja, vamos fornecer um índice de atractividade (de A a E, de forma semelhante às classes de eficiência energética)”, explica João Fonseca Bigotte.

Para tal ser possível, reuniu-se “um conjunto de dados de diversas fontes, muitos deles georreferenciados, mas a grande inovação consiste em incorporar tecnologias espaciais, que no nosso caso respeitam a dados de satélite de observação da Terra, para conseguirmos determinar este nosso índice de atractividade de uma determinada localização”, refere.

O projecto, que conta já com o interesse de duas das cinco maiores agências de mediação imobiliária nacionais em realizar um projecto-piloto, irá traduzir-se numa ferramenta “muito útil, quer para os agentes imobiliários que para o consumidor final, porque, actualmente, uma das grandes dificuldades de um mediador imobiliário é conseguir perceber o que é que o cliente pretende exactamente e, por isso, muitas vezes mostra imóveis que não correspondem às expectativas de quem procura”.

“Podemos dizer que o ‘Localista’ vai facilitar a comunicação entre o mediador e o cliente. Para o mediador, permite efectuar uma melhor qualificação do cliente e uma melhor pré-selecção de imóveis a visitar. Para o cliente, permite encontrar e comparar imóveis mais adequados às suas expectativas”, nota ainda João Fonseca Bigotte.

O programa ESA BIC, promovido pela Agência Espacial Europeia em vários países-membros, é coordenado em Portugal pelo Instituto Pedro Nunes (IPN). Este programa destina-se a apoiar financeiramente o desenvolvimento tecnológico de protótipos de soluções inovadoras, com elevado potencial de mercado, que incorporem tecnologias espaciais e/ou dados de satélite de observação da Terra.

localista

WP Facebook Auto Publish Powered By : XYZScripts.com