Coimbra  16 de Junho de 2021 | Director: Lino Vinhal

Semanário no Papel - Diário Online

 

SMTUC: Oposição camarária abstém-se na compra de autocarros

20 de Fevereiro 2017 Jornal Campeão: SMTUC: Oposição camarária abstém-se na compra de autocarros

O vereador de um movimento cívico e os do PSD (quatro) com assento na Câmara Municipal de Coimbra abstiveram-se, hoje, na deliberação sobre a compra de cinco novos autocarros para os SMTUC.

A medida foi aprovada pelos cinco edis do PS e pelo da CDU, sendo que dois vereadores socialistas, Rosa Reis Marques e Jorge Alves, e o comunista Francisco Queirós juntam às funções autárquicas a condição de administradores dos Serviços Municipalizados de Transportes Urbanos.

A CMC vai investir perto de um milhão de euros na compra de mais cinco novos autocarros para os SMTUC.

Os veículos, da marca Temsa, irão ser fornecidos pela empresa Carbus, Veículos e Equipamentos, conforme proposta do júri do concurso.

Outras duas empresas concorreram ao fornecimento: MAN Truck & Bus Portugal e Iveco Portugal, Comércio de Veículos Industriais. O júri excluiu tais propostas por apresentarem desconformidades com o caderno de encargos.

“Sem pôr em xeque a honorabilidade de quem quer que seja”, José Augusto Ferreira da Silva (Cidadãos por Coimbra, CpC) estranhou a exclusão da Iveco.

Segundo o autarca e advogado, “por este andar, corre-se o risco de, um dia, haver um único opositor a concursos” lançados pela Câmara conimbricense.

Ao fundamentar a abstenção, Ferreira da Silva opinou tratar-se de um concurso tramitado “de forma burocrática”.

Os autocarros Temsa possuem lotação de 102 lugares.

Ao esforço de renovação da frota dos SMTUC, nos últimos três anos, corresponde um reforço de 30 veículos, a que está subjacente um investimento camarário de 3,30 milhões de euros, indica a Assessoria de Imprensa da autarquia.

A renovação da frota tornou-se premente, na medida em que ela apresenta uma média etária de 14 anos, sendo que 40 por cento dos veículos têm mais de década e meia.

Além do factor idade, um autocarro dos SMTUC percorre, em média, 70 000 quilómetros anuais, em ambiente urbano, utilização tida como altamente desgastante para os elementos mecânicos.