Coimbra  25 de Fevereiro de 2020 | Director: Lino Vinhal

Semanário no Papel - Diário Online

 

Sindicato aponta para adesão entre 83% e 96% na greve dos enfermeiros

13 de Agosto 2018

A greve de cinco dias dos enfermeiros, que teve início às 00:00 desta segunda-feira, está a “ultrapassar as expectativas” e espelha “o descontentamento muito grande” dos profissionais de saúde, disse à Lusa o dirigente da Federação Nacional dos Sindicatos de Enfermeiros (FENSE).

O protesto dos enfermeiros associados da Federação Nacional dos Sindicatos de Enfermeiros (FENSE), que integra o Sindicato Independente Profissionais de Enfermagem (SIPE) e o Sindicato dos Enfermeiros (SE), visa protestar contra o impasse na negociação do acordo coletivo de trabalho, que começou há um ano.

No país a greve está a registar uma adesão entre os 83% e os 96%, segundo números adiantados pelo sindicato, sendo que, no distrito de Coimbra, o Instituto Português de Oncologia e o Centro Hospitalar registam uma adesão de 88% e 95%, respectivamente. Já o Hospital Distrital da Figueira da Foz chega aos 92%.

Os enfermeiros pretendem que seja criada uma carreira especial de enfermagem e reclamam também o descongelamento da carreira, lembrando que o Estado deve aos Enfermeiros 13 anos, 7 meses e 25 dias nas progressões, e a revisão das tabelas remuneratórias.

Os sindicatos garantem que os serviços mínimos serão respeitados.

 

 

WP Facebook Auto Publish Powered By : XYZScripts.com