Coimbra  24 de Outubro de 2020 | Director: Lino Vinhal

Semanário no Papel - Diário Online

 

Sete projectos vencem Orçamento Participativo de Coimbra

5 de Outubro 2020 Jornal Campeão: Sete projectos vencem Orçamento Participativo de Coimbra

Um CD com canções originais de autores de Coimbra, música erudita nas aldeias ou um espectáculo num anfiteatro pouco conhecido da cidade são alguns dos sete projectos vencedores da 3.ª edição do Orçamento Participativo de Coimbra.

Os sete projectos vencedores do Orçamento Participativo, que se divide entre o Coimbra Participa (para maiores de 30 anos) e o Coimbra Jovem Participa (para menores de 30 anos), somam um total de investimento a ser executado de cerca de 479 mil euros, afirmou hoje a vereadora da Câmara Municipal Regina Bento, numa cerimónia no salão nobre do município.

O grande vencedor do Coimbra Participa foi “Coimbra, cidade de canções e emoções”, com 405 votos, um projecto no valor de 80 mil euros que irá criar um livro e um CD com dez canções originais de autores da cidade.

Um guia turístico para telemóveis (65 mil euros), um ‘peddy paper’ (11 mil euros), um projecto para levar música erudita a aldeias do concelho (60 mil euros) e um espectáculo de patinagem artística sobre a história de Coimbra (23 mil euros) foram as outras das propostas vencedoras nesta secção do Orçamento Participativo.

Já no Coimbra Jovem Participa, a proposta de uma exposição com o espólio do Museu Académico para promover a identidade da Academia de Coimbra no contexto das cidades universitárias europeias, no valor de 200 mil euros, foi o grande vencedor, com 940 votos.

O segundo projecto mais votado, que também vai ser executado, propõe-se a realizar um espectáculo de rua no anfiteatro dos Olivais, um espaço “meio escondido e que nem toda a gente conhece”, referiu Regina Bento, numa cerimónia onde também esteve presente o presidente da Câmara de Coimbra, Manuel Machado.

Na terceira edição do Orçamento Participativo, foram contabilizadas 35 propostas, 17 das quais foram submetidas a votação, tendo-se registado um total de 2.929 votos.

Na mesma cerimónia, integrada nas comemorações da cidade do Dia da Implantação da República, foi também anunciado o vencedor do Prémio Literário Miguel Torga, António José da Costa Neves, com a obra “Alma alentejana e outras histórias”.