Coimbra  30 de Maio de 2024 | Director: Lino Vinhal

Semanário no Papel - Diário Online

 

Seminário de Coimbra tem a partir de quarta-feira quartos para Turismo Espiritual

15 de Maio 2023 Jornal Campeão: Seminário de Coimbra tem a partir de quarta-feira quartos para Turismo Espiritual

O Seminário Maior de Coimbra dispõe, a partir de quarta-feira, de 19 quartos com 40 camas, para acolher seminaristas, peregrinos ou pessoas que queiram fazer um retiro.

O projecto, com um conceito ligado ao Turismo Espiritual, destina-se a pessoas que, por exemplo, “queiram escrever um livro”, uma pessoa que queira conhecer este Seminário “desde a música à sua história” ou “alguém que se queira inspirar”, disse esta segunda-feira o reitor do Seminário Maior de Coimbra, padre Nuno Santos.

Trata-se de um local com capacidade para acolher 42 pessoas, no piso dois do edifício, onde se pode dormir, comer, rezar e meditar.

“Nós apresentámos o nosso espaço e depois procuramos que as pessoas façam deste local um espaço em que também se sintam em casa, mas que seja uma mais-valia. Se vêm aqui só para dormir no sentido de como quem vai a um hotel indiferenciado, nós sugerimos os hotéis mais próximos”, afirmou.

Os hóspedes podem participar nas actividades que o Seminário dispõe, sendo que a ideia é intensificar essas iniciativas. O objectivo é divulgar “programas com o qual possam conjugar cultura com a espiritualidade”, sublinhou Nuno Santos.

O Seminário Maior de Coimbra tem missas todas as terças-feiras, às 19h00, na igreja, e ainda missa, ao domingo, às 11h00, no jardim. Além disso, há oração diária, de terça à sexta-feira, às 7h30, na capela da Anunciação. Já as iniciativas culturais passam, por exemplo, por espectáculos de teatro ou concertos.

A ideia começou em 2016 e em Janeiro de 2017 foi apresentada ao público, tendo a obra começado em Março de 2020. A empreitada do projecto do edifício Central, onde está localizado o alojamento do seminário, orçada em cerca de cinco milhões de euros, está concluída a 60%.

O edifício, que abriu as portas em 1765 e é Monumento Nacional, continua a ter uma comunidade de 10 padres a viver e a rezar neste lugar.

“A recuperação do Seminário Maior e com esta valência, também turística, vem enriquecer o património que Coimbra tem para apresentar a todos aqueles que nos visitam”, sustentou o presidente da Câmara Municipal de Coimbra, José Manuel Silva, que também esteve na sessão.

As reservas dos quartos podem ser feitas através do ‘site’ do Seminários e os preços variam, dependendo se é uma reserva individual ou em grupo.