Coimbra  21 de Agosto de 2019 | Director: Lino Vinhal

Semanário no Papel - Diário Online

 

SEF fez busca em conservatória de Coimbra

18 de Abril 2018

Uma acção inspectiva do Serviço de Estrangeiros e Fronteiras (SEF), abrangendo uma busca efectuada em Coimbra, levou, ontem (17), à detenção de sete pessoas.

Os arguidos encontram-se sob suspeita de cometimento de crimes de auxílio à imigração ilegal e falsificação de documentos para obtenção da nacionalidade portuguesa.

Houve buscas numa Conservatória do Registo Civil, em Coimbra, e, no Minho, em dois escritórios bracarenses de advocacia.

De acordo com o SEF, a operação visou uma suposta associação criminosa, tida como maioritariamente composta por cidadãos oriundos da América do Sul.

Fonte daquele órgão de polícia criminal indicou à Agência Lusa que os detidos são brasileiros, presumindo-se que a falsificação de documentos haja tido como objectivo a obtenção da nacionalidade portuguesa.

Um comunicado do SEF sublinha que a investigação teve início, em 2016, sob coordenação do Departamento Central de Investigação e Ação Penal (Ministério Público), tendo permitido reunir “indícios de envolvimento dos detidos com outros suspeitos num esquema concebido para obtenção da nacionalidade portuguesa de forma fraudulenta, a troco de elevadas quantias monetárias”.

O Serviço de Estrangeiros e Fronteiras apreendeu uma viatura, material tecnológico e dinheiro.

Os sete detidos, cinco homens e duas mulheres, com idades compreendidas entre 23 e 48 anos, vão ser presentes, em Lisboa, a juiz de instrução criminal para aplicação de medidas de coacção.

WP Facebook Auto Publish Powered By : XYZScripts.com